Relembre algumas polêmicas envolvendo Felipe Neto

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 29/04/2021 às 8:42
Felipe Neto reafirma sua estadia no país após ameças de morte. Foto: Reprodução/Instagram
Felipe Neto reafirma sua estadia no país após ameças de morte. Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

Conhecido por ser um youtuber de longa data, Felipe Neto atualmente é um dos influenciadores mais famosos do país. Seja pelo seu conteúdo voltado para o público mais jovem ou seus posicionamentos políticos, o empresário repercute na web. Recentemente, ele protagonizou uma discussão com o cantor Zé Felipe, após criticar cantores sertanejos.

LEIA TAMBÉM: De salgadinho a smartphone, o que Juliette Freire toca vira ouro

Porém, esse histórico de discussões está longe de ter um fim. Mais de uma vez o youtuber trocou farpas com alguém na web - por vezes, políticos - ou cutuca temas polêmicos. Relembre algumas ocasiões.

Bienal do Livro 2019

Um dos episódios com mais repercussão na mídia envolveu Felipe Neto e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB). Na ocasião, o político tentou recolher livros do 'Vingadores', da Marvel, após a obra mostrar um beijo gay.

O youtuber, por sua vez, comprou todos os 14 mil exemplares com temática LGBT e mandou distribuí-los de graça no evento. Todos os livros estavam envolvidos em um plástico preto com um adesivo. "Este livro é impróprio para pessoas atrasadas, retrógradas e preconceituosas", dizia.

LEIA TAMBÉM: “Eu deveria contratar o prefeito do Rio para promover o meu próximo livro”, diz ilustrador de HQ censurada

Felipe Neto x Silas Malafaia

Mais de uma vez, o empresário e o religioso trocaram acusações nas redes sociais. Em 2017, o pastor Silas Malafaia promoveu um boicote à Disney após a série 'Star vs. As Forças do Mal' exibirem um beijo gay.

LEIA TAMBÉM: Após sofrer ataques, Felipe Neto anuncia processo contra Silas Malafaia

Felipe Neto, então, gravou um vídeo se manifestando contra o preconceito de Malafaia. Além disso, ele afirmou que qualquer boicote feito pelo pastor resultaria em uma campanha dele promovendo a marca atingida.

Irmãos Neto x Antonia Fontenelle

Não só Felipe Neto como seu irmão, o também youtuber Lucas Neto, movem processo contra Antonia Fontenelle. A apresentadora é alvo da ação após acusar os dois de publicarem conteúdo impróprio para o público infanto-juvenil. Além disso, a loira também associou a dupla à pedofilia. O pedido dos irmãos foi acatado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Posicionamento político

Sendo eleito uma das pessoas mais influentes do mundo pela Time, Felipe Neto busca provocar com as suas opiniões. Opositor do governo de Jair Bolsonaro, as críticas à gestão do país são feitas quase que diariamente. Porém, o youtuber deu um passo além ao cobrar também dos artistas um posicionamento.

LEIA TAMBÉM: Felipe Neto é entrevistado pelo The Guardian e chama Bolsonaro de ‘repulsivo’

Em maio de 2020, o empresário publicou um vídeo criticando abertamente o cenário político. Ele, então, cobrava um posicionamento de artistas considerados "insentos" na poítica.

"Ninguém é obrigado a se manifestar politicamente. Na época das eleições, quando era PT contra Bolsonaro, eu entendi porque o pessoal ficou calado", defendeu. Contudo, Felipe Neto defendeu que a 'tolerância' acabou quando o presidente foi a um evento pedindo a volta do AI-5.

"Acabou a passada de pano. Influenciador que não se manifesta agora, é cúmplice. Estamos oficialmente contra um regime fascista. E quem se cala perante a um regime fascista, é fascista. Ponto final", alegou em outro vídeo. Cumprindo com a própria promessa, Neto deu unfollow em diversos nomes conhecidos na mídia que não se posicionavam. Whindersson Nunes e Marina Ruy Barbosa estavam na lista.

Últimas notícias