Tatá Werneck comparece à cremação de Paulo Gustavo e é criticada por usar face shield e duas máscaras

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 07/05/2021 às 8:08
Tatá Werenck e o marido, Rafa Vitti, na cerimônia de Paulo Gustavo - Foto: reprodução/
Tatá Werenck e o marido, Rafa Vitti, na cerimônia de Paulo Gustavo - Foto: reprodução/
Leitura:

A apresentadora Tatá Werneck sofreu com a perda precoce do amigo e colega de profissão, Paulo Gustavo. O ator faleceu na última terça-feira, 4, por complicações em decorrência da Covid-19. Na quinta, 6, o corpo do artista foi cremado no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM: Tatá Werneck faz apelo após morte de Paulo Gustavo: “Mesmo com melhores recursos, não sobreviveu”

Tatá Werneck foi uma das que compareceu à cremação, ao lado do marido, Rafa Vitti. Nas fotos vazadas na web, ela aparece usando duas máscaras e também um face shield. Ela ainda portava álcool gel nas mãos.

A atitude, porém, não foi bem vista por alguns internautas, que acusaram Tatá Werneck de ser "exagerada". A atriz, então, comentou a repercussão no Twitter.

LEIA TAMBÉM: Mãe de Paulo Gustavo se despediu do filho na hora do falecimento: “Obrigada por me escolher”

"As pessoas são bobas demais. Criticam quem não se protege. E na mesma medida quem se protege demais. Prefiro ser chamada de exagerada do que de irresponsável", disparou.

Além de Tatá Werneck, outros famosos como Preta Gil, Mônica Martelli e Marcus Majella compareceram à cerimônia.

Despedida

Desde a notícia do falecimento de Paulo Gustavo, na terça-feira (4), Tatá Werneck vem postando homenagens ao amigo. Em uma das publicações, ela pedia aplausos para o grande artista que ele foi.

LEIA TAMBÉM: Carolina Dieckmann divulga carta inédita que escreveu para Paulo Gustavo

“Aplaudam! Aplaudam. Aplaudam de pé esse grande homem! Gritem bravo! Façam uma homenagem a Paulo Gustavo em suas casas. Aplaudam de pé esse grande artista. (…) Eu jamais poderia imaginar que estaria hoje escrevendo um texto sobre você e sem te ligar pra saber se tá bom”, escreveu Tatá.

Mãe se despediu na hora da morte

Em entrevista ao programa ‘Saia Justa’, a atriz Mônica Martelli detalhou como foram os últimos momentos de Paulo Gustavo. A morte do humorista foi declarada pela equipe médica às 21h12, no Rio de Janeiro. Segundo Mônica Marteli, a mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia Amaral, estava presente.

LEIA TAMBÉM: Mãe de Paulo Gustavo se despediu do filho na hora do falecimento: “Obrigada por me escolher”

“Dona Deia é uma grande inspiração e grande mulher. Ela tem a mesma energia do Paulo Gustavo. Ela é tão genial que no momento de passagem de Paulo Gustavo, 21h12, ela falava: “Meu filho, meu filho, obrigada, por ter escolhido eu ser sua mãe.”

Últimas notícias