Roberto Justus foi imunizado em Miami: "Quanto mais vacina os brasileiros tomarem nos EUA, melhor"

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 12/05/2021 às 18:12
Roberto Justus - Foto: reprodução
Roberto Justus - Foto: reprodução
Leitura:

O empresário e apresentador de TV Roberto Justus, de 66 anos, foi vacinado contra a covid-19 em Miami, ele contou à colunista da Folha de S. Paulo Monica Bergamo. Disse que a ida aos EUA não foi para tomar a vacina, mas que estava em viagem de férias e aproveitou a chance, uma vez que o país está imunizando turistas. Ele, a esposa, Ana Paula Siebert, a filha, o genro e a babá das crianças tomaram a vacina da Jansen, que é dose única.

"Agora que abriu [a vacinação para turistas nos EUA], os brasileiros que puderem tomar, tomem. Porque é mais vacina sobrando para o povo aqui [Brasil]. Quanto mais vacina os brasileiros tomarem nos EUA, melhor para o nosso país" disse Roberto Justus a Monica Bergamo.

LEIA TAMBÉM
Gabriela Pugliesi diz que morte de Paulo Gustavo foi “vontade de Deus” e Samantha Schmutz rebate: “Foi falta de vacina”

Mãe de Paulo Gustavo canta para ele na Missa de 7º Dia no Cristo Redentor; assista a vídeo com as homenagens e veja fotos

Paulo Gustavo é citado na CPI da Covid-19

"Eles [os EUA] têm vacina sobrando, em abundância. Em Nova York querem fazer quiosques [para turistas]. Querem ajudar o maior número de pessoas possível", completou Justus, que, antes de chegar aos EUA, passou 14 dias no México, onde comemorou cinco anos de casamento com Ana Paula Seibert. A quarentena no México, aliás, tem sido uma estratégia usada por muitos brasileiros para chegar ao país vizinho.

Desigualdade na vacinação

Sobre o debate ético quanto à desigualdade no acesso à vacina, uma vez que é mínimo o número de brasileiros que pode viajar aos EUA para ser imunizado, quando o País deveria garantir doses a todos os brasileiros, Roberto Justus minimizou: "Eu não sei por que esse big deal [grande problema] que as pessoas fazem do assunto". Já no início da pandemia, em março do ano passado, ele causou polêmica ao menosprezar a pandemia. Falou que o coronavírus era uma "gripezinha leve" que "mata velhinhos".

Anitta, 28 anos, e Marco Pigossi, 32, também receberam vacina nos EUA

A cantora Anitta e o ator Margo Pigossi, que têm estado mais nos EUA do que no Brasil, por causa do trabalho, informaram que já estão imunizados. Anitta, que tem 28 anos, contou, na coletiva de lançamento de "Girl from Rio", que foi imunizada em Miami. "É feliz e triste ao mesmo tempo", disse ela, comparando com a situação da vacinação no Brasil.

Marco Pigossi, aos 32 anos, publicou foto dele sendo vacinado, na Califórnia, e desabafou que só estava revelando já ter sido imunizado para causar indignação nos seus seguidores contra o governo brasileiro e sua ineficiência - e possível sabotagem, como apura a CPI da Covid-19 - na vacinação no País. "Não ia postar essa foto, achei que não seria de bom tom. Mas, diante de tantas perdas no nosso País, decidi postar. Porque o intuito é mesmo gerar indignação", escreveu o ator, diante da morte de Paulo Gustavo.

Últimas notícias