Secretário especial da Cultura, Mario Frias anda armado e assusta funcionários

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 25/05/2021 às 9:20
O secretário Mário Frias - Foto: reprodução
O secretário Mário Frias - Foto: reprodução
Leitura:

Segundo a Folha de São Paulo, o secretário especial da Cultura, Mario Frias, tem causado um desconforto no trabalho. Isso porque o ator frequenta o local com uma arma visível deixada na cintura.

LEIA TAMBÉM: Rafael Cardoso é vacinado contra a Covid-19. Saiba qual a comorbidade do ator

Outras três fontes confirmaram a informação para o Splash, do UOL, e detalharam a situação, descrita como um "mal-estar". O clima nos corredores tem sido de tensão, e também existem relatos de ofensas e escândalos.

Os principais 'alvos' dos gritos e ofensas são os servidores e terceirizados da secretaria. A sensação de ameaça também assombra o local de trabalho.

A arma em questão é uma Taurus de calibre .9mm, que está registrada no nome do próprio Mario Frias. Ele possui o porte autorizado para circular com a arma "de forma discreta". No site da Polícia Federal, é possível encontrar sua justificativa para portar o item.

LEIA TAMBÉM: Datena é condenado a pagar R$ 50 mil a Xuxa Meneghel após chamá-la de “garota de programa”

Até o momento, a Secretaria de Cultura não se manifestou sobre as motivações de Mario Frias andar armado no trabalho. O ator havia justificado que tem receio pela integridade física, dos familiares e da equipe.

Últimas notícias