Mayara Magri diz ter sido cancelada por se casar com ex de Nívea Maria

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 27/05/2021 às 17:05
Mayara Magri (Imagem: Reprodução/Instagram)
Mayara Magri (Imagem: Reprodução/Instagram)
Leitura:

Famosa por novelas como A gata comeu (Globo, 1985), Mayara Magri revela ter sofrido boicote nos bastidores do mundo televisivo. Em entrevista concedida à colunista Patrícia Kogut, do O Globo, a atriz considera o "cancelamento" como resultado do seu casamento com o diretor Herval Rossano (1935-2007), ex-marido da atriz Nívea Maria.

Mayara Magri conta ter conhecido o diretor justamente nas gravações de A gata comeu, mas o relacionamento só teria começado em 2004, época das gravações da novela A escrava Isaura (Record, 2004). O título, inclusive, foi um dos seus últimos trabalhos na TV.

"Na época, ele já estava separado e muito doente, com problemas no coração, e me procurou. A partir daí, então, passei a acompanhá-lo, indo às consultas e fazendo companhia. Foi então que ele encontrou um médico que praticamente lhe devolveu a vida. Ele ficou tão bem que conseguiu dirigir 'A escrava Isaura' (2004), na Record. A grande verdade é que eu fui cancelada. O Herval teve um logo casamento antes de ficarmos juntos. Começaram, então, a surgir histórias de que eu estava ainda com ele ainda casado, o que absolutamente não é verdade. A partir daí muitas portas se fecharam para mim", recorda.

Últimas notícias