Caio Castro e Rafa Kalimann são acusados de homofobia

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 31/05/2021 às 10:31
Caio Castro e Rafa Kalimann (Imagem: Reprodução)
Caio Castro e Rafa Kalimann (Imagem: Reprodução)
Leitura:

Rafa Kalimann e Caio Castro foram criticados e acusados de promover homofobia nas redes sociais. A finalista do BBB 20 e o ator compartilharam um vídeo no qual um pastor afirma ser contrário ao casamento gay. Ela apagou a publicação e pediu desculpas, mas o vídeo ainda pode ser visto no Instagram do artista, que também já se posicionou.

No vídeo, um pastor é questionado se é ou não a favor do casamento gay. Ele responde negativamente, mas tenta se afastar da posição de homofóbico ao citar episódio particular.

"Eu vivi com um cara que era meu irmão, e ele era gay. Ele tinha uma situação [financeira] melhor que a minha. Eu usava o tênis dele, as roupas dele. Eu não tenho problema nenhum. Eu tenho valores, não vou abrir mão deles. Se você me perguntar se eu acho certo, eu não acho. Mas isso não nos torna inimigos", diz o pastor.

LEIA TAMBÉM
> Mãe de MC Kevin diz que herança será da filha do cantor
> Seu Jorge é condenado a pagar indenização à família de Mário Lago

O compartilhamento por Rafa Kalimann e Caio Castro repercutiu negativamente nas redes, e ambos foram acusados de compartilhar discurso homofóbico.

Rafa Kalimann se posiciona

"Sinto muito se ofendi e se pareceu que eu discordo de relacionamentos homoafetivos. Apaguei depois de ver que estavam levando como uma opinião minha e está longe de ser. Muito pelo contrário", diz a apresentadora em publicação no Twitter.

Segundo a ex-BBB, o vídeo em questão foi enviado por um "amigo homossexual" em um grupo. Ele e colegas teriam "achado bacana" o conteúdo. "Entendi completamente o posicionamento de vocês, respeito e peço desculpas pelo meu compartilhamento".

Gil do Vigor, então, respondeu: "Rafa, a questão é que ele disse que tem valores e que acha errado mas respeita e é contra isto que lutamos, contra pessoas que acham que relacionamentos homoafetivos são errados e contra os valores. Sou bicha e tenho valores! Mas que bom que você apagou e entendeu!".

Caio Castro: "Sou a favor, sim"

Após as críticas, o ator se posicionou nos stories: "Sobre casamento gay, relacionamento gay, sobre qualquer ideia sobre relação homoafetiva, sou a favor, sim. Sou a favor do amor entre as pessoas".

Ele continua: "Mas existem pessoas que não são, pessoas que tem convicções e costumes diferentes. Não precisamos e nem devemos aceitar, mas precisamos respeitar", ponderou o galã. "Eu sou contra ele [o pastor do vídeo] ser contra [a união homoafetiva], mas eu respeito a opinião dele. Tudo começa no respeito".

Últimas notícias