Pai de Neymar vai à Justiça por causa de mansão de R$ 2,1 milhões

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 02/06/2021 às 16:25
Os Neymar, filho e pai - Foto: reprodução
Os Neymar, filho e pai - Foto: reprodução
Leitura:

Neymar Santos, pai do jogador Neymar, entrou na Justiça para pedir resolução de contrato da compra de uma mansão da família, no Alphaville 2, em São Paulo. Resolução de contrato é o termo jurídico usado quando se alega quebra de contrato por descumprimento de obrigações. As informações são do UOL e foram confirmadas pelo advogado da família, Gustavo Xisto.

LEIA TAMBÉM

Kelly Key fala sobre psoríase: “Lesões tomaram mais de 50% da minha pele”

Gabriela Pugliesi se declara para namorado: “Uma vida é muito pouco”

Flávia Alessandra movimenta a rede com foto só de calcinha

Pelo descumprimento do contrato, Neymar pai diz que foi vítima em um processo do condomínio, que aponta irregularidades em uma reforma no imóvel. Ele alega, no entanto, que não fez reforma alguma e que o Alphavile 2 já sabia das irregularidades antes da compra, em 2019.

Neymar pai pede, caso a Justiça dê ganho de causa ao condomínio e o obrigue a fazer adequações ou demolição de áreas do imóvel, que seja ressarcido no valor que pagou pela mansão - R$ 2,1 milhões.

Casos de Justiça

Os advogados da família Neymar não têm tido descanso. No final de maio, o jogador teve seu nome envolvido a acusação de agressão sexual detalhada pela empresa Nike, que rompeu contrato com o atleta em 2020. O motivo foi a recusa de Neymar em colaborar com as investigações feitas pela gigante americana, após uma funcionária sua acusá-lo de tentar forçá-la a fazer sexo oral nele. A mulher em questão organizava eventos promocionais em Nova York, e a tentativa teria ocorrido num hotel em que o atleta se hospedou.

Além disso, Neymar teria voltado a realizar festa secreta no Brasil. O que é proibido, devido às medidas de combate à propagação do coronavírus.

Últimas notícias