Lucas Lucco terá de pagar mais de R$ 100 mil a Gabriel Banderas por plágio

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 08/06/2021 às 16:35
Lucas Lucco - Foto: reprodução @lucaslucco
Lucas Lucco - Foto: reprodução @lucaslucco
Leitura:

O cantor Lucas Lucco foi surpreendido com a reforma de uma sentença em que ele havia sido absolvido. Trata-se de uma acusação de plágio sobre o refrão de uma das músicas de maior sucesso do artista, "Mozão", em que ele canta "Momôzin, vamos fazer assim, eu cuido de você, você cuida de mim".

LEIA TAMBÉM
Em embate com artistas da Globo, Receita aplica multas de até R$ 10 milhões

O artista Gabriel Banderas, que move processo na Justiça contra Lucas Lucco, recorreu à decisão da primeira instância, em que o cantor de "Mozão" havia sido absolvido, e conseguiu a vitória na segunda instância. Os desembargadores que julgaram o caso anularam a primeira decisão judicial e culparam Lucas Lucco pelo plágio do refrão de "Mozão".

A sentença do desembargador Francisco Loureiro considerou que "o fato de Lucas Lucco ter feito acréscimos na estrofe do autor [Gabriel Banderas], depois da repetição dos seus versos, não afasta o plágio".

LEIA MAIS
Pai de Neymar vai à Justiça para ter de volta dinheiro de mansão de 2,1 milhões

Na decisão do desembargadores, Lucas Lucco repararia Gabriel Banderas com indenização de R$ 25 mil. O cantor recorreu e, então, em nova apreciação, os magistrados chegaram ao valor de R$ 104,5 mil. A Justiça, a propósito, determinou o bloqueio do valor nas contas de Lucas Lucco para indenização a Gabriel Banderas.

Gabriel Banderas reclamou à Justiça que a sua composição é de 2008, muito antes de Lucas Lucco lançar "Mozão".

Assista ao clipe de "Mozão":

Últimas notícias