"Todo o ódio sobre mim deveria estar concentrado nele", diz Karol Conká sobre Bolsonaro

Isabela Maria
Isabela Maria
Publicado em 08/06/2021 às 15:41
Karol Conká - Foto: reprodução
Karol Conká - Foto: reprodução
Leitura:

Karol Conká, nomeada a vilã da última edição do Big Brother Brasil 21 e deixando o reality com o recorde de maior número de rejeição da história do programa, fez um desabafo em entrevista para a Folha de São Paulo sobre a pandemia da covid-19 no Brasil.

SAIBA MAIS: Karol Conká teve quase 1.000% de aumento no streaming após final do “BBB21” com lançamento de “Dilúvio”

A rapper, que vem sendo alvo de ataques em suas rede sociais desde a sua eliminação, afirmou durante a entrevista que, enquanto recebe comentários maldosos em seu perfil, vários cidadãos morrem por conta da pandemia e as pessoas deveriam cobrar melhor postura do governo diante disso.

(Imagem: Reprodução/Instagram)

“Isso merece o gasto de energia para ir às redes ou às ruas e protestar. Nossa raiva tinha que ser canalizada para isso. Então, estou de mão dada aí com todo mundo que é fora morte, fora Bolsonaro. Estou na torcida para que o milagre aconteça”, desabafou a artista.

A cantora ainda diz que toda a repercussão negativa sobre a sua carreira só mostra o quanto as pessoas gostam de a odiar e complementa: "É como se eu tivesse cometido uma atrocidade". Mas também afirma que se orgulha dos números que tem conseguido atingir com toda a audiência.

LEIA TAMBÉM: Briga entre Gil e Pocah é recriada

R.R. Soares: pastor internado com Covid-19 é dono de fortuna chamativa

Últimas notícias