Felipe Neto expõe mensagem enviada por PM e alerta: "Ele tem um fuzil"

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 09/06/2021 às 12:20
Felipe Neto reafirma sua estadia no país após ameças de morte. Foto: Reprodução/Instagram
Felipe Neto reafirma sua estadia no país após ameças de morte. Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

Felipe Neto, youtuber famoso pelo seu alcance singular nas redes sociais e posicionamentos progressistas, interrompeu sua programação nesta quarta-feira (9) para fazer uma denúncia. Ele mostra uma mensagem, interpretada por alguns como ameaça, enviada por um policial militar do Rio de Janeiro.

O policial em questão respondeu uma publicação de Felipe Neto no Instagram. Na rede social, o youtuber mostrou a quantidade de mortos por Covid-19 confirmados no Brasil em comparação a outros países. O homem, então, atacou: "Pena que não levou você, seu esquerdista babaca".

LEIA TAMBÉM
> Regina Duarte questiona após perder seguidores: “Onde eu errei?”
> ‘Pantanal’: Murilo Benício tem personagem definido

No Twitter, o produtor de conteúdo ressaltou sua revolta com a situação: "Essa foi a mensagem que um Policial Militar do Rio de Janeiro me mandou, após eu postar o número de mortos por Covid no Brasil e no mundo. Tomarei as providências. Ele tem um fuzil na mão. Eu não consigo descrever o que é ser vítima disso".

Já no Instagram ele publicou mensagem semelhante: "Mensagem enviada por um policial militar do RJ, que supostamente deve garantir minha (nossa) segurança. Não vou aguentar isso calado mais. Um homem de fuzil na mão desejando a minha morte. Não dá para explicar o que isso faz com a minha cabeça".

Após sertanejos alegarem desconhecê-lo, Felipe Neto dispara: “Larga a cloroquina e procura na revista Time”

Recentemente, fala de Felipe Neto sobre o silêncio dos cantores sertanejos com relação à atuação do Governo Federal na pandemia repercutiu. É que alguns dos músicos rebateram sua crítica alegando desconhecê-lo, a despeito de o Youtuber ser uma das maiores personalidades brasileiras entre o público jovem. O comunicador, porém, fez mais críticas.

“Quem é esse cara? Não o conheço, alguém me ajuda por favor? Quero me inteirar do assunto!”, escreveu Gusttavo Lima. Naiara Azevedo foi no mesmo caminho e comentou: “Vou procurar aqui no Google quem é esse Felipe Neto. Perguntei para a galera aqui em casa e ninguém nunca ouviu”.

Felipe Neto, por sua vez, recomentou que as pessoas que estão alegando desconhecê-lo “larguem a cloroquina e procura na revista Time”, referindo-se a uma das mais renomadas publicações internacionais, que o elegeu uma das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2020.

A fala sobre a cloroquina pode ser interpretada como indireta para Gusttavo Lima e Naiara Azevedo. O primeiro apoiou Jair Bolsonaro (sem partido), que fez campanha pelo medicamento ineficaz contra a Covid-19, na eleição presidencial de 2018. Já a cantora almoçou com o presidente e diversas outras personalidades em um restaurante, numa ocasião onde o político não economizou nos xingamentos contra a imprensa.

Últimas notícias