Mãe de Paulo Gustavo chama de "assassino" quem aconselha o desuso de máscara

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 11/06/2021 às 12:03
Paulo Gustavo abraçado com a mãe Déa Lucia (Imagem: Reprodução)
Paulo Gustavo abraçado com a mãe Déa Lucia (Imagem: Reprodução)
Leitura:

As fortes reações ao discurso de Jair Bolsonaro sobre a desobrigação do uso de máscara para vacinados contra a Covid-19 e curados continua repercutindo. Dea Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, humorista morto aos 42 anos por causa da doença, se posicionou de forma dura sobre o assunto.

Através do seu Instagram, ela compartilhou uma publicação de Deisy Ventura sobre o assunto. "Um aviso: quem disser a você para deixar de usar máscara durante uma pandemia descontrolada é um assassino. Saia de perto, corte relações. Não presta", dizia o post.

LEIA TAMBÉM
> ‘Esse Menino’: Humorista satiriza e-mails da Pfizer a Bolsonaro
> ‘Loki’: Diretora diz que incluir gênero fluido do vilão era “importante”

A mãe de Paulo Gustavo compartilhou um print da publicação original e completou: "Assino embaixo. Usem máscara, amigos". Além dela, outras personalidades se posicionaram sobre o uso de máscara. Uma delas foi Luciano Huck, que fez dura crítica sobre o assunto.

Últimas notícias