Felipe Neto acusa Twitter de poupar famoso blogueiro que disseminou informação falsa sobre vacina

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 14/06/2021 às 17:12
Felipe Neto (Foto: Reprodução/Instagram)
Felipe Neto (Foto: Reprodução/Instagram)
Leitura:

Felipe Neto fez uma sequência de tuítes explicando que a rede social Twitter não exclui contas de "blogueiros bolsonaristas". O motivo para a não suspensão, segundo o youtuber, é medo de decreto sugerido por Bolsonaro ser aprovado. O decreto mencionado pelo influenciador nos posts feitos nesta segunda-feira (14) visa limitar retirada de posts e perfis das redes sociais.

LEIA MAIS:

+ Felipe Neto expõe mensagem enviada por PM e alerta: “Ele tem um fuzil”

+ Após sertanejos alegarem desconhecê-lo, Felipe Neto dispara: “Larga a cloroquina e procura na revista Time”

O pontapé para iniciar o debate foi uma publicação do blogueiro Allan dos Santos, famoso pela sua defesa a Bolsonaro, afirmando que o jogador Eriksen, do Inter de Milão, sofreu parada cardíaca e desmaiou em campo por ter tomado dose da vacina Pfizer. O diretor executivo do clube italiano, Giuseppe Marotta, já declarou que Eriksen nunca testou positivo para o coronavírus e não recebeu a vacina contra a covid-19.

Felipe Neto expôs que o post de Allan dos Santos foi "denunciado em peso", e relatou ter entrado em contato com três dos funcionários mais influentes do Twitter no Brasil. No entanto, a equipe da rede social teria informado não achar que o blogueiro violou as regras na publicação com mentira.

Confira um dos tuites feitos por Felipe:

Últimas notícias