Dr. Jairo Bouer fala sobre "cura gay" após relato de Gil do Vigor

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 15/06/2021 às 11:22
Gil do Vigor (Imagem: Reprodução)
Gil do Vigor (Imagem: Reprodução)
Leitura:

Em Tem que vigorar (Globo livros, 2021), Gil do Vigor fala sobre diversos assuntos delicados da sua vida antes do BBB 21, onde conquistou fama e liberdade. No livro, o economista pernambucano falou sobre o processo de "cura gay" ao qual foi submetido. O assunto foi comentado pelo médico e educador Jairo Bouer no seu site.

"Essas coisas absurdas pelas quais passava me faziam demorar ainda mais para aceitar minha sexualidade, para aceitar que não sou doente, que é tudo um enorme preconceito", lamenta Gil do Vigor na obra.

Ele conta ter enfrentado dificuldades em aceitar sua sexualidade quando fazia parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Lá, houve repressão por causa do seu jeito e ele foi submetido a um processo no qual um colega o filmava e apontava os "trejeitos errados".

LEIA TAMBÉM
> Médico é apontado como novo affair de Gil do Vigor. Saiba mais
> Ana Maria Braga surge sem aliança e fãs suspeitam de separação

"A tal 'cura gay', muitas vezes feita com acompanhamento psicológico, pode traumatizar e afetar negativamente a vida da pessoa que é submetida a ela, mas não vai, de fato, mudar os desejos e sentimentos que ela tem. Vale lembrar que a sexualidade é algo que nasce com a pessoa e, até hoje, não se sabe muito bem o motivo para cada um ter a sua. No entanto, é certo afirmar que não é algo que a pessoa escolhe e, muito menos, que pode mudar com tratamentos psicológicos. Por fim, ser gay não é nenhum tipo de doença para precisar de 'cura'", aponta o Dr. Jairo Bouer.

Últimas notícias