Luciano Huck revela voto na eleição de 2018

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 16/06/2021 às 10:09
Luciano Huck (Imagem: Reprodução)
Luciano Huck (Imagem: Reprodução)
Leitura:

Semana de revelações para Luciano Huck. Após ter confirmada sua desistência da carreira política e confirmado o comando dos domingos na Globo, o apresentador do Caldeirão também abriu o jogo sobre seu voto nas eleições de 2018. Em entrevista ao Conversa com Bial, ele conta ter votado em branco.

"Ninguém nunca me perguntou isso diretamente, mas eu não vou me furtar da resposta, porque acho que hoje em dia no Brasil você não se posicionar é você compactuar com o que tá acontecendo. Eu votei em branco na última eleição, é o que eu devia ter feito e fiz com bastante tranquilidade. Os dois candidatos que se apresentavam naquela época, eu não me sentia representado por nenhum dos dois. Votei em branco e votaria em branco de novo", disparou.

Apesar do voto em branco, Luciano Huck tem seu nome associado à direita liberal. Em 2014, estava junto com Aécio Neves (PSDB) no momento da derrota do tucano na eleição presidencial disputada contra Dilma Rousseff (PT).

LEIA TAMBÉM
> Faustão está bem e pronto para o próximo ‘Domingão’, garante esposa do apresentador
> Aos 50, Cristina Mortágua vai leiloar calcinha usada em ensaio sensual e diz ainda topar posar nua

A despeito das cobranças de posicionamento mais claro diante do singular cenário político brasileiro, o apresentador se esquiva: "Nesse momento, acho que a gente não tá falando sobre A ou B, de sicrano ou beltrano, a gente tá falando sobre quem defende a democracia e de quem ataca a democracia. E eu acho que a democracia foi uma conquista. Quem a defende estará de um lado, quem não defende está do outro. E eu estarei sempre, em qualquer tempo, do lado da democracia".

Luciano Huck na política?

Até o início do ano, a candidatura do apresentador televisivo era vista como certa. Publicação do colunista Robson Bonin, da Veja, chegou a adiantar a não renovação do contrato do comunicador com a TV Globo.

Na época, informações circularam sobre uma possível filiação ao Democratas (DEM). A expectativa era que o comunicador conseguisse reunir forças da direita "moderada" e do “centro”. Em novembro do ano passado, inclusive, Luciano Huck teria conversado com Sério Moro, ex-juiz da Lava-Jato e ex-ministro de Jair Bolsonaro.

Últimas notícias