VÍDEO

Para lançar livro, Viih Tube aposta em campanha de desinformação e critica "fragilidade da internet"

Youtuber vazou, propositalmente, vídeo com afirmações falsas sobre o fim do seu relacionamento

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 23/07/2021 às 19:30
Análise
Reprodução/Instagram @viihtube
Viih Tube vazou vídeo sobre o fim do seu namoro, o que não aconteceu - FOTO: Reprodução/Instagram @viihtube
Leitura:

Nesta sexta-feira (23), noticiou-se o término de Viih Tube e Bruno Magri após o "vazamento" de um vídeo publicado por Carol Bresolin. Tudo, porém, não passava de uma campanha de desinformação, com o intuito de chamar atenção para o lançamento do livro Cancelada, estrategicamente já disponível em pré-venda. 

Antes de seguir com sua leitura, caro internauta, explico o porquê de aqui não usar-se o termo fake news. Essa palavra está em desuso, pois uma notícia (news) não pode ser falsa (fake), sendo mais apropriado chamar as mentiras pelo que são. Ou, a depender do caso, chamá-las de "desinformação". Com isso acordado, entenda o que aconteceu:

Para a mentira em questão se tornar uma campanha de desinformação, bastou a amiga da influenciadora fingir ter publicado, sem querer, um vídeo no qual comenta que Viih Tube está solteira. Ela exibiu a youtuber conversando com um rapaz não identificado e reagindo com espanto ao perceber a câmera. Prontamente, a gravação circulou pelas redes, com diversos perfis anunciando que a ex-BBB não estaria mais namorando Bruno.

A farsa só foi revelada há pouco, pelos próprios envolvidos na campanha. No seu Instagram, Viih Tube publicou um vídeo mostrando a repercussão da mentira plantada nas redes sociais: "É na internet que decidem quem odiarão e amarão. Às vezes, a realidade do offline, não é nada o que transmitem no online. São recortes. É possível manipular tudo", alertou a jovem sobre a "fragilidade da internet"

Ao escolher rebater as supostas mentiras das quais foi alvo com uma campanha de desinformação, mesmo que revelada no mesmo dia, Viih Tube combateu fogo com fogo e se tornou um agente de desinformação. O que se queima, numa ocasião dessas, é a confiança dos internautas.

LEIA TAMBÉM > Danilo Gentili elogia Anitta para desmerecer Luisa Sonza

Mesmo com o mérito de expor o quanto as redes sociais são terrenos férteis para boatos sem fundamento, a revelação colaborou com uma interpretação errônea de alguns veículos de imprensa. Por ter sido ela própria a autora da desinformação, sua reação à câmera e o "vazamento" por uma colega fizeram com que o vídeo evitasse os principais indicativos de uma mentira, como áudio dessincronizado, luz e objetos distorcidos, falas fora de contexto, cortes bruscos etc.

Nesses casos, não existem ferramentas de análise técnicas para determinar se o vídeo é falso. Há somente o contexto, ao qual internautas devem ficar cada vez mais atentos ao lidar com conteúdo digital não verificado, para não correrem o risco de cair em campanhas de desinformação com objetivos ocultos.

Comentários

Últimas notícias