SOCIEDADE

Coluna social: Estrangeirismo, banoffee e vinhos

Confira as notas de destaque da coluna Social1 deste domingo

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 01/08/2021 às 12:13
Notícia
Seva Levitsky/Freepik
Nova onda de "estrangeirismos" invade as redes sociais - FOTO: Seva Levitsky/Freepik
Leitura:

A força hardocore do estrangeirismo

Incorporar verbetes estrangeiros no cotidiano não é novidade. A geração que passa no drive-thru, confirma com "Ok", chama o paquera de boyzinho, dá feedback e pede um delivery sabe bem. A língua é dinâmica, mas nunca se viu tanto estrangeirismo no dia a dia. Só pra citar uma novidade, o conflito geracional na internet acrescentou o "cringe" no dicionário português. "Ser fit" passou a "ter fit", deixando de ser algo relacionado ao corpo e mais a encaixe de perfil.

Entretenimento

Segundo Cristiane Prates, instrutora de Idiomas do Senac, a ascensão dos estrangeirismos vem da popularização da internet e do entretenimento em inglês. "Os empréstimos são fenômenos da língua."

Viva

"Nossa língua é viva. Como falantes do português, o modificamos o tempo inteiro, seja no vocabulário ou gramática. Quem hoje chegar numa padaria e pedir 'dá-me seis pães' possivelmente será tachado de antiquado ou pedante."

Previdência

O advogado Rômulo Saraiva lança, quarta, às 18h, na Livraria Jaqueira do Recife Antigo, seu primeiro livro, Fraude nos Fundos de Pensão - Como a Gestão Fraudulenta e a Supervalorização dos Ativos Ameaçam a Previdência Complementar, com prefácio por Rodrigo Janot. O trabalho é fruto do mestrado pela PUC-SP.

Banoffee

A banoffee existe há mil anos. Foi criada na Inglaterra, mas só agora virou a sobremesa da vez no Recife. A torta com banana, caramelo (ou doce de leite) e chantilly desbancou a cheesecake e a red velvet na oferta e preferência do público. E, claro, já há versões — umas bem interessantes, já outras... — para todos os gostos.

Aniversariantes

Ridalvo Costa, Edinalva Barbosa, Marcos Rolim, Rosa Baptista da Silva, José Ubiracy Silva, Cristina Johnson, Lino Medeiros, Mara Oselma Alvarenga, Thiago Carvalho, Debora Maciel e Rodrigo Novaes.

Rosas

O brasileiro Guilherme Razente foi o 2º lugar no Cook 'N' Battle, na Suíça. Criou "La Vita in Rosa" com essa flor como ingrediente principal. Um prato sofisticado e saboroso. Atualmente, o brasileiro faz estágio na Itália.

A reinvenção das piranhas

Sucesso dos anos 90, as piranhas de cabelo voltaram. Fashion, prático e fácil de encontrar em qualquer lugar, o acessório está no topo de tendências do momento. A diversidade de opções é um forte. Pode ser utilizada na parte de baixo ou no topo da cabeça. O coque é um dos penteados mais procurados por quem deseja usar o acessório: "Dá uma mudança no visual e deixa o resultado mais incrível", revela a influenciadora digital Juliana Cunha.

Cabelo

"Uma das maneiras de uso, que prende o cabelo pela metade, é o ideal para quem não quer os fios caindo no rosto, mas gostaria de deixá-los soltos", destaca a influenciadora, que acredita em opções despojadas e estilosas.

Vinhos

Começa hoje a quarta edição do Aromas e Vinhos no RioMar, que segue até o dia 8. Possibilidade de sentir a arte, a textura e o sabor da boa gastronomia, acompanhada de uma tacinha. No mall, foi criada uma rota de vinhos, com restaurantes e operações que dispõem de acessórios para viver esta experiência. A versão RioMar Online também entra no clima, atendendo aos pedidos, com entrega segura. Das 10h às 22h.

Dia dos Pais

E, por falar no RioMar, vai ter live show especial de Dia dos Pais, terça-feira, às 19h, com a nossa sempre "garota estúpida" Camila Coutinho e a participação do painho Marcelo Valença. Na música, show da Uptown Blues Band.

Golpe 1

João Varella, especialista em Previdência, alerta para os golpes que utilizam o INSS para coletar dados pessoais. "Eles nunca entram em contato direto com o cidadão para solicitar dados, nem pedem fotos de documentos. Caso o segurado receba convocação é aconselhável entrar nos canais oficiais, como o site do INSS, aplicativo Meu INSS ou a central 135, e confirmar", explica Varella.

Golpe 2

Sempre que o INSS convoca o cidadão para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no app e pode ser verificada pela central 135. O número do SMS usado pela autarquia para informar os beneficiários é 280-41.

Lesão

O ortopedista Fernandes Arteiro comenta sobre lesões nas Olimpíadas. "As mais comuns são as articulares, musculares e fraturas. Foi justamente o que aconteceu com a ginasta brasileira Flávia Saraiva nas qualificatórias." Em 2018, foram observados problemas em 1.210 mulheres (42%) e 1.704 homens (58%). "Importante aos atletas sempre focarem numa boa preparação, com acompanhamento especializado."

Refração

De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que 12,8 milhões de crianças brasileiras, entre 5 e 15 anos, apresentam deficiência visual por erros de refração não corrigidos. Para a oftalmo Catarina Ventura, esse problema acontece pelo uso da visão de perto em excesso no uso de aparelhos eletrônicos. "Quanto maior a tela e a distância, melhor para os olhos. Se possível, dê intervalos para descanso da vista após uma hora de uso de telas."

Escurinho

A atriz Deborah Secco, após o fim das gravações de "Salve-se Quem Puder", apareceu com os fios escuros. Assim como a cantora e ex-BBB Gabi Martins. De acordo com o beauty artista Thiago Martins, embaixador da Yamá Cosméticos, cada vez mais mulheres estão tomando a decisão de apostar novamente nos castanhos e castanho-escuro como fez Andreza Surita. Segundo o profissional, o cabelo escuro ajuda a camuflar imperfeições nos fios, como ressecamento e pontas-duplas. "A mudança é positiva, mas exige estudo, já que pode evidenciar linhas de expressão e olheiras em peles mais maduras. A dica é não escurecer demais para não pesar no semblante", ensina.

Rápidas

A Focca obteve conceito 4 na publicação mais recente do Índice Geral de Cursos do Ministério da Educação.

Com discotecagem do Dj 440, o Terça do Vinil está de volta à programação musical do Restaurante Catamaran.

O Jardim Botânico do Recife comemora, hoje, 42 anos de existência. Serão lançados dois instrumentos que guiarão as atividades, reabertura das trilhas, a volta dos ensaios fotográficos e a entrega de um aplicativo para pessoas com deficiência visual ou que não sabem ler.

Comentários

Últimas notícias