POLÍTICA E OUTRAS COISAS

Confusão entre Felipe Neto e Tabata Amaral chama atenção nas redes

Após voto a favor da privatização dos correios, deputada sem partido se envolveu em bate boca virtual com youtuber

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 11/08/2021 às 16:36 | Atualizado em 11/08/2021 às 16:42
Reprodução
Felipe Neto e Tabata Amaral - FOTO: Reprodução
Leitura:

Criticada por votar a favor da privatização dos Correios na Câmara, Tabata Amaral (sem partido) entrou em bate boca virtual com Felipe Neto nesta terça (10), envolvendo também o humorista Mauricio Meirelles. O cabo de guerra digital chamou atenção dos internautas e a deputada escolheu não justificar sua escolha na discussão. 

Tudo começou quando o humorista marcou Felipe Neto numa publicação sobre o Dia do Juiz feita no Twitter. O youtuber respondeu: "Que post merda, nota 3,7. Melhore". Meireles rebateu: Calma, acabei de acordar".

Dentre os likes deixados na publicação de Mauricio, porém, um deles foi dado pelo perfil de Tabata Amaral no Twitter. A possível alfinetada virtual não passou batida aos olhos - ou notificações, talvez - de Felipe Neto.

"Moleque, tu fez a Tabata Amaral curtir teu post porque ela tá 'mega puta' comigo por eu ter cobrado ela no privado sobre o voto da privatização dos Correios. Acho que ela não sabia que, ao curtir, apareceria pra mim. Eu tô rindo pra caralho", disparou o Youtuber.

Tabata respondeu e acusou o youtuber de reproduzir um comportamento machista, pois, segundo a deputada, ele deduziu seu desconhecimento sobre o assunto e tentou explicar na rede social. "Obrigada por me explicar como funciona o Twitter. Mansplaining que fala, né?", diz post da política.

Felipe Neto respondeu a crítica da deputada, ex-bolsista da Fundação Estudar, que tem o bilionário Jorge Paulo Lemann como um dos fundadores: "Ah pronto... Tabata, depois vai no WhatsApp me dizer onde que eu fui pra 'baixaria' contigo só por perguntar o que te levou a votar pela privatização dos Correios e dizer que isso só atende ao interesse dos bilionários, por favor".

Alguns internautas criticaram a resposta de Neto, pois a parlamentar não teria a obrigação de olhe responder mensagens no WhatsApp. Outros, porém, não engoliram a fala sobre "Mansplaining" e a criticaram pelo seu posicionamento acerca de temas sensível, como direitos trabalhistas e previdência social.

 

Comentários

Últimas notícias