VITALIDADE

Aos 80 anos, Ney Matogrosso revela seus segredos para o corpo

Cantor participou do programa "Altas Horas"

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 22/08/2021 às 11:40
Notícia
Reprodução
O cantor Ney Matogrosso completou 80 anos - FOTO: Reprodução
Leitura:

Ney Matogrosso, que completou 80 anos no dia 1º de agosto, participou do "Altas Horas" deste sábado (21). No programa apresentado por Serginho Groisman, na TV Globo, o cantor contou seus segredos para a saúde e vitalidade do corpo.

"Eu sou uma pessoa que desde sempre comi muito pouco. Eu gosto de comer pouco, gosto de sair da mesa leve, não gosto de sair pesado", falou Ney Matogrosso sobre um dos seus segredos para continuar esguio e bastante ativo.

Um outro segredo é a prática de exercícios físicos, que ele começou há 30 anos, quando completou 50:

"Quando eu fiz 50 anos, eu comecei a fazer ginástica, mas eu gosto de pegar peso. Mas, não é para ficar fortão. Eu pego peso para manter os músculos apenas. E comer pouco, esse é o segredo. Sou muito disciplinado."

Apesar da alimentação e dos exercícios físicos, Ney Matogrosso ponderou: "Temos que falar da genética também. Eu conheci o avô da minha mãe com 105 anos".

Em comemoração aos seus 80 anos, foi lançada pela Companhia das Letras o livro "Ney Matogrosso - A Biografia", escrito pelo jornalista Julio Maria. O cantor também lançou o EP "Nu com a Minha Música", disponível nas plataformas digitais, e prepara mais músicas para breve.

"Subindo pelas paredes"

Em julho, numa entrevista ao O Globo, Ney Matogrosso refletiu sobre o impacto do isolamento social devido à pandemia, quando disse que estava sem parceiros desde quando a crise de saúde se instalou. "Não sei o que é encostar num corpo humano faz tempo. Tem horas que fico enlouquecido com isso. Fico 'sai da minha cabeça, sai da minha cabeça' (risos). Sinto falta de um corpo encostando no meu. Não tem como, né? Não sou louco. Conheço muita gente que não respeita [a quarentena]. Eu não tenho coragem."

Quando perguntado se o desejo sexual continua tinindo, Ney foi direto: "Permanece. Na verdade, acho que esse é o normal. É que as pessoas botaram na cabeça que, com essa idade, não pode. Pode, sim! Tem muita gente com 70 anos com a vida sexual ativa. Eu tive a minha ativa até a entrada dessa pandemia. Agora, fico aqui, subindo pelas paredes".

Comentários

Últimas notícias