DINHEIRO

Claudia Leitte é processada pelo síndico e decide parcelar a dívida

Cantora alugou quatro salas em um edifício comercial, mas não paga as taxas desde o ano passado

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 23/08/2021 às 7:45 | Atualizado em 23/08/2021 às 7:46
Claudia Leitte no 'Altas Horas' (Foto: Reprodução/TV Globo)
Claudia Leitte no 'Altas Horas' (Foto: Reprodução/TV Globo)
Leitura:

A cantora Claudia Leitte está sendo processada pelo síndico de um edifício comercial no bairro de Caminhos das Árvores, em Salvador. O homem moveu uma ação contra a artista para receber um crédito de R$ 33.695,56, como informa a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

O valor se refere às taxas do condomínio as quais não foram pagar por Claudia Leitte. Atualmente, ela é responsável por quatro salas no edifício, que funciona de forma comercial. O condomínio, por sua vez, equivale a R$ 500.

Claudia Leitte não teria pago as taxas de janeiro de 2020 a fevereiro de 2021, e o valor segue em aberto. Já no último dia 23, a Justiça da Bahia aceitou o pedido de parcelamento da dívida e também retirar o apontamento da ação de execução no nome da cantora.

Assim, a artista parcelou a dívida em 16 vezes de R$ 2,2 mil e R$ 3.936, dando um valor antecipado de R$ 5 mil. A última parcela, ainda segundo a colunista, só vence no dia 20 de setembro de 2022. Ao todo, a dívida ficou no valor de R$ 53.921,91, por conta também dos honorários dos advogados.

Comentários

Últimas notícias