SEM COMISSÃO

Tite teria dado "volta" em imobiliária na compra de uma cobertura de R$ 10 milhões; caso já rendeu notificação extrajudicial

O técnico da Seleção Brasileira de Futebol adquiriu imóvel com desconto direto do proprietário

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 21/09/2021 às 22:02
Notícia
SILVIO AVILA / AFP
OPINIÃO Tite fez duras críticas ao gramado do Engenhão e a Conmebol aplicou multa de R$ 24,6 mil - FOTO: SILVIO AVILA / AFP
Leitura:

O técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Tite, teria dado uma volta numa imobiliária, no Rio de Janeiro, quando adquiriu uma cobertura de 505 metros quadrados num condomínio de luxo em frente à praia da Barra da Tijuca. Para a jornalista Fábia Oliveira, do portal O Dia, o diretor da Ativa Imobiliária, Marcos Rocha, disse que o treinador o procurou, demonstrou interesse pelo tal imóvel, solicitou mais imagens e informações e se despediu alegando que no momento não seria possível a compra, mas que entraria em contato depois.

Pouco tempo depois, no entanto, o corretor descobriu que Tite comprou o imóvel com desconto - de R$ 12 milhões, preço anunciado pela imobiliária, por R$ 10,3 milhões. "Não imaginava, porque a gente tinha uma confiança mútua. Desde que o Tite veio para o Rio eu sempre fiz as transações imobiliárias dele, sempre foram muito honestos em todas elas", disse Marcos Rocha a Fábia Oliveira, informando que já havia feito três negócios imobiliários com o treinador.

"Depois que eu ofereci a cobertura, passaram três meses e eu falei com a mulher dele pra gente ir lá ver a cobertura, porque o proprietário estava me cobrando uma posição. Ela me disse que gostaram muito, mas naquele momento o Tite não queria e que um pouco mais pra frente eles falariam comigo. Três meses depois o vizinho me ligou perguntando se eu tinha vendido a cobertura pro Tite, porque ele estava se mudando naquele dia. Um imóvel que eu ofereci, mandei as fotos e eles fecharam direto com o proprietário, que, assim como eles, nos enganou", relatou.

O corretor, agora, tenta reparação, por ora de maneira extrajudicial: "A gente mandou uma notificação extrajudicial pra eles tentando um acordo pra ver se eles cumprem com o que deveria ter sido feito. Porque, numa venda de R$ 10,3 milhões, são mais de R$ 500 mil de comissão. Uma desonestidade sem necessidade".

 

Tite dribla imobiliária em compra de cobertura e pode ser processado
Reprodução/O Dia
Tite dribla imobiliária em compra de cobertura e pode ser processado

 

O treinador Tite, que atualmente comanda a Seleção Brasileira de Futebol, virou assunto no condomínio de luxo onde ele mora, em frente à Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na altura do posto 6. Acontece que o burburinho na vizinhança gira em torno de uma suposta desonestidade do treinador na compra milionária de uma cobertura de 505 metros quadrados, com vista para o mar. Ocorre que Tite e sua mulher teriam descoberto a venda da cobertura através da Ativa Imobiliária.

Continua após a publicidade

 

Procurado por esta coluna, o diretor da imobiliária e corretor Marcos Rocha confirmou o fato e revelou que nos últimos anos foi o responsável por três transações imobiliárias da família. Segundo o profissional, Tite e sua mulher demonstraram interesse no imóvel por ele oferecido, inclusive solicitando mais fotos e perguntando qual era o posicionamento do imóvel, mas eles teriam dito que naquele momento não seria possível e que entrariam em contato para dar prosseguimento ao negócio.

Comentários

Últimas notícias