ENTENDA

Roteiro de 'Rust' não previa disparo de Alec Baldwin, declara supervisora

Disparo de arma feito pelo ator matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins e feriu o diretor do filme, Joel Souza

Gabriela Andrade
Gabriela Andrade
Publicado em 18/11/2021 às 9:46 | Atualizado em 18/11/2021 às 13:28
Divulgação
Alec Baldwin disparou arma cenográfica contra diretora de fotografia. - FOTO: Divulgação
Leitura:

A supervisora do roteiro do filme 'Rust', Mamie Mitchell, afirmou em um processo judicial que não estava previsto que uma arma fosse disparada na cena em que Alec Baldwin estava ensaiando quando matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, em outubro desse ano.

Nesta quarta-feira (17), segundo a agência de notícias britânica Reuters, Mamie Mitchell deu entrada em um processo contra o ator e a produção do filme no Tribunal Superior de Los Angeles, nos Estados Unidos. Ela o acusa de agressão e inflição intencional de angústia emocional e pede uma indenização de valor não especificado. "Eu revivo o tiroteio e o som da explosão da arma repetidamente", lamentou a supervisora em coletiva.

O documento ressalta que o ator "engatilhou e disparou a arma carregada, embora a próxima cena a ser filmada não exigisse o engatilhamento e o disparo".

Mamie Mitchell afirmou também que Alec Baldwin deveria ter verificado pessoalmente se a arma tinha munição real, em vez de confiar na afirmação do diretor-assistente de que o revólver Colt .45 era seguro para uso. "Em nossa opinião, o Sr. Baldwin escolheu jogar roleta russa quando disparou uma arma sem verificar e sem que o armeiro o fizesse em sua presença", disse a advogada da supervisora de roteiro, Gloria Allred.

A supervisora do roteiro de 'Rust' foi a primeira pessoa a fazer uma ligação para os serviços de emergência logo após o incidente. Mamie Mitchell conta que estava “na linha de fogo”, a menos de um metro de Halyna Hutchins no momento que ela foi baleada.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias