CONFIRA VÍDEO

William Bonner e Renata Vasconcellos viralizam na web após reagirem com deboche à matéria sobre tenista Novak Djokovic

Atleta sérvio foi deportado da Austrália após tentar entrar no país sem ter tomado a vacina contra a covid-19

Gabriela Andrade
Gabriela Andrade
Publicado em 06/01/2022 às 8:27
Divulgação/Rede Globo
William Bonner e Renata Vasconcellos reagem à matéria sobre tenista Novak Djokovic - FOTO: Divulgação/Rede Globo
Leitura:

Nesta quarta-feira (5), William Bonner e Renata Vasconcellos viraram assunto nas redes sociais ao serem bastante sinceros e criticarem o tenista Novak Djokovic durante exibição do Jornal Nacional.

O jogador nascido na Sérvia, foi deportado da Austrália após tentar entrar no país sem ter tomado a vacina contra a covid-19.

Logo no começo da matéria, William Bonner classificou a atitude do atleta como 'vexame planetário': “O tenista número um do mundo foi impedido de entrar na Austrália. O vexame planetário do sérvio Novak Djokovic foi por não ter se vacinado contra o coronavírus. Ele foi retido logo ao desembarcar hoje, no aeroporto de Melbourne”, relatou o jornalista.

"Os organizadores do Torneio Aberto da Austrália tinham dado uma autorização especial que o isentava da vacina, mas as autoridades australianas não aceitaram o documento, negaram o visto de entrada e informaram que ele vai ter que deixar o país nas próximas horas. Os advogados de Djokovic vão recorrer da decisão".

O apresentador do JN ainda relembrou da ocasião em que o tenista se infectou com o novo coronavírus: "O Djokovic já precisou se desculpar em 2020 por ter promovido um torneio de tênis na pandemia, desrespeitando todos os protocolos sanitários. Ele e outros participantes contraíram Covid".

No final da matéria, antes de encerrem o telejornal, claramente indignados com a atitude do atleta, William Bonner e Renata Vasconcellos resolveram expor suas opiniões. "Vexam, hein ?!", disse a jornalista. "Mico", completou o apresentador. Assista ao momento:

Confira as reações na Web:

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias