Arte

Centro Cultural Cais do Sertão realiza exposição do artista pernambucano Bozó Bacamarte

Recifense, nascido no bairro de Casa Amarela, o artista tem obras com influência da xilogravura

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 04/04/2022 às 14:22
Divulgação
Bozó Bacamarte, artista pernambucano - FOTO: Divulgação
Leitura:

O artista pernambucano Bozó Bacamarte, recifense que deu início a sua trajetória no Movimento de Arte Urbana de Pernambuco, ganha uma exposição no Centro Cultural Cais do Sertão, a partir do dia 9 de abril.

A exposição '20por1' apresenta o caminho artístico percorrido ao longo de duas décadas de atuação. A mostra ficará disponível no museu até o dia 29 de maio. O artista utilizava como suporte para suas criações os muros e fachadas das cidades por onde passou, sendo as primeiras em Olinda e Recife.

O tempo o transformou, fez com que transitasse e conhecesse outros artistas e, nesta jornada, produziu trabalhos em diferentes formatos, como o papel, eucatex, telas e outras paredes, agora no lado interno das casas, comércios e galerias. No Centro Cultural Cais do Sertão, Bozó traz as obras mais antigas e recentes.

"Na exposição, vamos juntar desde as obras mais antigas até as mais recentes. São 20 anos de trabalho e as pessoas vão encontrar esse grande cardápio. Vão observar e perceber que parece uma exposição coletiva porque o trabalho evolui muito. Então, vai ter várias linhas e segmentos e eu não me prendo a isso. Vai ter obras em preto e branco, obras com o colorido, não me prendo. eu sou essa confusão", falou o artista.

A exposição está no 3º andar, na Ala Sul, Sala Moxotó, no Centro Cultural Cais do Sertão, que fica na Av. Alfredo Lisboa, S/N - Bairro do Recife. O museu abre de terça à sexta das 10h às 16h, nos sábados e domingos funciona das 11h às 17h.

Comentários

Últimas notícias