Voltou atrás

JOHNNY DEPP: ex-namorada do ator Kate Moss testemunha a favor dele; veja o que disse a modelo

A modelo ainda negou as acusações de Amber Heard

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 25/05/2022 às 13:39 | Atualizado em 01/06/2022 às 13:12
Reprodução
Johnny Depp e Kate Moss quando ainda estavam juntos - FOTO: Reprodução
Leitura:

*Atualizada

A ex-namorada de Johnny Depp e modelo Kate Moss resolveu testemunhar a favor de Johnny Depp. Consecutivamente, negou as acusações que a ex-mulher do ator fez.

Para quem não lembra, Amber Heard, ex-esposa de Johnny Depp, alegou que o ator teria empurrando Kate Moss das escadas. O rumor foi publicado em um artigo escrito por ela, onde dizia que tinha sofrido abuso do rapaz.

Com isso, Johnny Depp processou Amber pedindo U$ 50 milhões, sendo aproximadamente R$ 240 milhões. Nesta quarta-feira (25), Kate Moss depôs a favor dele e negou o rumor de violência.

O que disse Kate Moss?

"Nós estávamos saindo do quarto e Johnny saiu antes de mim. Estava tendo uma tempestade (de chuva). E enquanto eu saía do quarto, escorreguei nos degraus e machuquei as minhas costas. Eu gritei porque não sabia o que tinha acontecido, eu estava com dor. Ele voltou e me carregou para o quarto e me garantiu atenção médica", começou Kate.

Em seguida, questionada novamente pelo advogado de Johnny Depp, a modelo reafirmou: "Johnny nunca me empurrou, me chutou ou me jogou escada abaixo".

Kate namorou Johnny Depp de 1994 a 1998 e fez o relato durante uma videoconferência ao vivo, diretamente de Gloucestershire, na Inglaterra.

Comentários

Últimas notícias