Famosas

KLARA CASTANHO: Após relato de Klara, Aline Campos revela que também foi estuprada. Entenda

Depois que Klara Castanho foi exposta, Aline Campos também revelou ter passado por essa trágica situação. Veja

Gabriella Zilma
Gabriella Zilma
Publicado em 27/06/2022 às 14:41
Reprodução/Instagram
Aline Campos, ex-Riscado, foi criticada nas redes sociais - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Klara Castanho, de 21 anos, sofreu uma exposição sem consentimento e inapropriada nos últimos dias.

Com isso, muitos artistas prestaram apoio e acolhimento à Klara, como foi o caso de Aline Campos que decidiu expor que também passou pelo o mesmo momento terrível.

.

Logo após os rumores intensificarem nas redes, Klara divulgou uma carta aberta para por fim aos boatos sobre sua vida íntima.

Aline, que também foi vítima de violência sexual, prestou solidariedade à atriz.

"Klara Castanho é luz e foi vítima de algo infelizmente ainda muito comum em nossa sociedade! Eu já fui estuprada também, sim! Mas não com as mesmas consequências que ela! Mas e se tivessem tido as mesmas? Pode ser, sim, que eu fizesse a mesma coisa ou que tivesse abortado de forma clandestina, cheia de riscos", contou a dançarina em uma sequência de stories publicados no domingo, 26.

"Já trabalhei muito isso na terapia. Hoje sou mais forte por ter superado. Mas muitas que, por exemplo, não tem o apoio em casa ou não tem condições de fazer também terapia, acabam tirando a própria vida, seja literalmente ou vivendo para sempre atrás de um trauma que bloqueia a vida em todos os aspectos", disse a dançarina que espera que o caso também sirva para que as pessoas possam "se apoiar mais, unir mais", afirmou.

O que aconteceu com Klara Castanho?

Neste sábado (25), Klara divulgou uma carta aberta, no qual revela que engravidou após ser vítima de estupro e entregou o bebê para a adoção.

A carta foi divulgada para por fim aos rumores e falsos depoimentos que circulavam nas redes socias. Ela ainda falou sobre a má conduta de alguns profissionais de saúde envolvidos no diagnóstico e parto.

Com as revelações, o Conselho Regional de Enfermagem de SP (Coren-SP) informou que irá investigar a conduta da enfermeira que teria vazado as informações para o colunista Leo Dias.

O jornalista, expôs detalhes sobre o nascimento da criança, após a divulgação da carta aberta de Klara, e posteriormente teve o texto deletado, em meio a enxurrada de críticas nas redes sociais. No dia seguinte, ele pediu desculpas à Klara.

O site Metrópoles, onde o texto foi publicado, também pediu desculpas pelo "mau jornalismo" cometido. Desde a carta aberta, internautas e famosos prestam apoio à Klara, além de criticar os jornalistas envolvidos na exposição da história e os comentários agressivos de Antonia Fontenelle.

Confira também:

 

Reprodução
Aline Campos revela que também foi estuprada após relato de Klara Castanho - FOTO:Reprodução

Últimas notícias