RACISMO

Taís Araújo revela que sofreu racismo de ator da Globo: "Se não botar limite, adoeço"

Atriz falou sobre situações de racismo que já viveu no ambiente de trabalho

Vitória Floro
Vitória Floro
Publicado em 03/08/2022 às 9:09
Reprodução / Youtube
Taís Araújo participou do podcast Quem Pode, Pod - FOTO: Reprodução / Youtube
Leitura:

Durante participação no podacast "Quem pode, pod", Taís Araújo revelou ter sofrido racismo ao contracenar com um ator da Globo.

Sem citar nomes, a atriz explicou que estava trancada dentro de um carro com o colega quando ele disparou que todo negro bem-sucedido é prepotente e arrogante. "Se eu não botar limite, eu adoeço. Se eu achar que eu estou sendo desrespeitada, preciso botar limite na hora", disse.

Ela abriu o jogo após ser questionada sobre a fama de metida, a artista se defendeu e disse que muitas pessoas não estão acostumadas a verem negros em cargos de poder.

"Eu escuto isso desde que eu saí da maternidade. Desde sempre. Eu confesso que na minha infância, minha adolescência, fatalmente, eu tive que levantar o meu nariz para não ser atropelada. Eu fui criada em um lugar muito branco e de elite. Se eu não me impusesse, eu ia ser atropelada", lembrou.

.

"Tem uma questão de postura mesmo, do olhar do outro. Uma vez, um ator da globo virou para mim e falou: 'Engraçado, eu não conheço nenhum negro bem-sucedido que não seja prepotente e arrogante'. Eu falei: 'Será que é você que não está acostumado a ver negros em lugares de poder? Será que você só entende o negro no lugar de subserviência?'", contou Taís.

A atriz continuou falando sobre as situações da vida em que precisa botar limites para que não tenha sua saúde mental e física afetada.

"Se eu não boto limite, eu adoeço. Se eu achar que eu estou sendo desrespeitada, eu preciso botar limite na hora. Eu acho que é difícil para a sociedade encarar uma população que foi sequestrada, escravizada, e olhar para você no mesmo nível e responder no mesmo nível", avaliou a atriz.

Comentários

Últimas notícias