Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

ELEIÇÕES 2022

Prévia do PSDB é pausada após problemas, causando desentendimentos e constrangimento

Partido encontra dificuldades para escolher candidato à presidência

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 22/11/2021 às 8:25
Notícia
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
GOVERNADORES Disputa pela vaga tucana está acirrada entre o gaúco Eduardo Leite e o paulista João Doria - FOTO: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
Leitura:

João Doria e Eduardo Leite apresentam respectivamente 3% e 2% das intenções de voto, como indica pesquisa da Ponteio Político. Saber qual dos governadores vai disputar a presidência pelo PSDB e assumir esse modesto número, porém, está dando dor de cabeça ao partido.

O PSDB decidiu nesse domingo (21) pausar o processo de votação para definir quem será o seu candidato à presidência nas eleições de 2022. Isso acontece após falhas no aplicativo onde os filiados deveriam escolher o nome de sua preferência.

De acordo com o UOL, a estimativa é que menos de 10% dos votantes conseguiram depositar seu voto. O partido informou, porém, que os votos já registrados estão armazenados. O aplicativo encomendado pelo PSDB custou R$ 1,3 milhão.

João Doria, governador de São Paulo, assim como o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio, colocaram-se a favor da retomada da votação já no próximo domingo (28), dia previsto para a realização do segundo turno.

Eduardo Leite adotou postura diferente. O governador do Rio Grande do Sul, além de discordar da pausa, defende que a votação pelo aplicativo fosse estendida por mais 48h. O PSDB, porém, ainda não definiu como será feito o pleito.

Ainda segundo o UOL, militantes do partido, reunidos no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, demonstraram claro sinal de constrangimento e começaram a deixar o local por volta das 18h. 

O período de espera fez crescer os ânimos e, como diz o portal, dois homens discutiram e por pouco não trocaram agressões físicas. Outros, porém, aproveitaram a indefinição para cochilar, já que muitos estavam no local desde 8h. Do lado de foram também houve animosidade entre apoiadores de Doria e Leite, principais rivais da disputa.

Mara Rocha (PSDB-AC), de saída do partido em breve, acusou João Doria de tentar comprar seu voto. A deputada bolsonarista declarou voto em Eduardo Leite.

Comentários

Últimas notícias