PODERDATA

Após férias e internação, Jair Bolsonaro começa 2022 com má avaliação

Segundo pesquisa PoderData, Bolsonaro começa 2022, ano da eleição presidencial, com alta rejeição

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 06/01/2022 às 13:14
VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL
LAMENTOU Presidente decretou luto oficial pela morte do escritor - FOTO: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Pesquisa PoderData divulgada nesta quinta-feira (6) mostra um início de 2022, ano da eleição presidencial, difícil para o presidente Jair Bolsonaro (PL). Após as férias e a internação, a avaliação negativa do presidente da República continua alta, no mesmo patamar atingido em dezembro último.

De acordo com o levantamento, realizado entre os dias 2 e 4 de janeiro, 57% do púbico considera o trabalho de Jair Bolsonaro como "ruim" ou "péssimo". As avaliações positivas (bom ou ótimo) ficaram em 24%.

Enquanto isso, 14% consideram o trabalho de Jair Bolsonaro regular, representando queda de 4%, e outros 5% não souberam responder, o que representa aumento de três pontos percentuais em relação a dezembro.

Em janeiro de 2021, Jair Bolsonaro apresentou 44% de rejeição (ruim ou péssimo) e 35% de aprovação (ótimo ou bom). Há um ano, 18% consideravam o seu trabalho regular.

O período de fim de ano desgastou a imagem do presidente. Isso porque ele tirou recesso e foi para São Paulo e Santa Catarina descansar, apesar da crise das enchentes no sul da Bahia.

Comentários

Últimas notícias