Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
'AUMIZADE'

Mulher viaja mais de 1.300 km para reencontrar cachorro desaparecido há mais de um ano

O animal fugiu enquanto estava com a filha da mulher

Letícia Saturnino
Cadastrado por
Letícia Saturnino
Publicado em 24/05/2021 às 13:41
FOTO: Reprodução/G1
Ruth conheceu o amigo de quatro patas em 2016 - FOTO: FOTO: Reprodução/G1
Leitura:

Uma história que tinha tudo para ser triste, terminou com um final feliz na cidade de Alfredo Wagner, no interior de Santa Catarina. A uruguaia Ruth Selena Melendez Ruiz, que não via seu cachorro de estimação, Charlie, desde 2019, pôde resgatá-lo em Uberlândia, a cerca de 1.350 km de distância de casa.

Ruth conheceu o amigo de quatro patas em 2016, em uma feirinha, onde adotou ele. Mas em 2018 ela precisou voltar para seu país natal e deixou Charlie com sua filha.

"Em 2020, minha filha deixou ele em uma casa, pois teve que viajar. E dessa casa o Charlie fugiu. Eu não sabia que ele estava nessa casa, fiquei esperando todo o ano de 2020, mas minha filha apareceu em janeiro sem o cachorro e com a notícia que tinha o deixado em uma casa e que ele tinha fugido”, disse ao G1.

Quando soube do desaparecimento dele, Ruth começou a procurá-lo. Primeiro falou com pessoas que moravam perto da casa da filha e depois partiu para as buscas com ajuda das redes sociais. “Eu mandei o Caetano, meu filho, para negociar com as pessoas que supostamente estavam com o cachorro, mas ele não avançava nas negociações. Então, eu decidi eu mesma ir procurá-lo", contou.

O reencontro

Para conseguir encontrar o 'aumigo', Ruth foi até Uberlândia e ficou hospedada na casa de uma desconhecida, que se comoveu com a história e alugou um dos quartos para ela.

“Eu me disponibilizei, saía com ela para ir onde ela quisesse ir para ver se encontrava o Charlie, pois eu conheço tudo em Uberlândia, e ela, nada”, comentou Francinete Silva, que acolheu Ruth em sua casa.

Francinete contou que ela e Ruth chegaram a distribuir cartazes na rua à procura do animal. Elas ficaram sabendo que ele estaria em uma chácara, e intensificaram as buscas.

Depois de cinco dias seguindo as pistas, Ruth finalmente reencontrou o amigo em uma casa. No entanto, o dono da residência não quis entregar o cachorro e cobrou R$ 1.200. Ruth desembolsou suas economias e disse que não se arrepende.

“Eu realmente achei que não iria encontrá-lo. Foi muito sofrido sabe, mas eu estou muito feliz, pois todo o tempo que tiver, vou dar para ele o melhor”, completou.

*Com informações do G1

Comentários

Últimas notícias