Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
inusitado

Pernambucana se inscreve em vaga de emprego para assistir 13 filmes de terror e vai para EUA

A jovem afirma que já se inscreveu na vaga da empresa e que vai arriscar a sorte nos Estados Unidos: "tudo pode acontecer"

Raianne Romão
Cadastrado por
Raianne Romão
Publicado em 20/09/2021 às 11:35 | Atualizado em 20/09/2021 às 12:15
Reprodução/Redes Sociais
A jovem descobriu sobre a inusitada vaga de emprego logo após ver um post nas redes sociais do JC e está decidida a tentar a sorte - FOTO: Reprodução/Redes Sociais
Leitura:

De amante de filmes de terror a 'analista de frequência cardíaca': esse é o objetivo de Raabe Fernandes, 21, que se candidatou à vaga de emprego da empresa FinanceBuzz, para assistir 13 filmes de terror e receber US$ 1.300 (cerca de R$ 6,8 mil). A jovem descobriu sobre a inusitada vaga logo após ver um post nas redes sociais do JC.

A jovem, técnica em eletrotécnica, conta que achou a proposta muito interessante e sagaz. "Eu achei sensacional, porque, assim, eles [a FinanceBuzz] vão poder saber o que os filmes passam para o público e como mexe com a gente”, explica a olindense em entrevista ao blog O Viral, do JC.

Fã do gênero desde criança, Raabe conta que assistiu Jogos Mortais, seu filme de terror preferido, ainda na primeira infância: “eu assisto desde quando eu tinha uns 7 anos, mais ou menos. Eu não sentia tanto medo, só ficava um pouco assustada, mas aí depois fui criando gosto. Depois assisti jogos mortais 2, 3, 4 e assim por diante. (...) Você assiste e não quer mais parar”, conta.

Raabe explica que gosta das emoções que sente ao assistir filmes de terror: "eu gosto desse gênero porque é assustador e aterrorizante. O coração acelera, lhe falta o ar, você sente os calafrios, sabe? Você sente uma adrenalina e um aperto no coração, mas você não desiste de assistir", diz.

Ela conta que sempre fica pensando nas atitudes dos personagens, sofre por eles, mas não para de assistir até descobrir o que vai acontecer na trama. Quem nunca, né?

Mudança para os Estados Unidos: "quero me descobrir"

Descobrir sobre a vaga de emprego de ‘analista de frequência cardíaca’ da FinanceBuzz fez com que a olindense repensasse seus planos. A princípio, Raabe tinha pensado em ir para a Europa. Porém, descobrir a possibilidade de unir a sua paixão sobre filmes de terror com a ideia de conhecer outro país e uma nova cultura fez com que a jovem quisesse arriscar a sorte.

“Caso consiga a vaga, ela acabe e eu fique sem emprego, tenho certeza que já vou ter alguma experiência. Caso não, eu volto pra casa ou eu vou pra Europa. Se realmente gostar de ‘morar fora’, eu vou continuar [nos Estados Unidos]... só sei que eu quero sair e me descobrir”, explica a eletrotécnica. "A princípio eu pretendo apenas viajar, ir de férias mesmo. Mas se rolar o emprego eu fico por lá e vou ficar definitivo", explica.

Mas para quem acha que Raabe está indo para os ‘states’ sem preparação, se enganou. Ela já planejou todos os detalhes da sua partida, inclusive a sua inscrição para participar do teste. “Me registrei no site na quinta-feira (16) e já mandei todos os dados que eles precisavam. Eu já recebi o e-mail deles confirmando a minha inscrição, porém [o resultado] ainda não saiu, só vão anunciar no dia 1º do mês que vem”, explica.

Caso Raabe consiga a vaga, a FitBit, empresa responsável pelo monitoramento cardíaco enquanto o contratado assiste aos 13 filmes, vai ter que manter o desfibrilador bem pertinho de Raabe. Apesar de amar o gênero, ela sempre sente o impacto dos sustos.

“Eles vão ter que chamar um médico, pois [ao assistir filmes de terror] eu fico beirando a morte. Eu gosto? Gosto! Eu amo? Amo! Não tem isso, você pode amar do jeito que for, mas dá aquele medo sim, aquele friozinho na barriga”, conta aos risos.

Por fim, a jovem conta que está recebendo apoio da sua família nessa nova jornada. "Minha filha, cuidado! E se eles te sequestrarem?", explica Raabe, bem humorada. "Meu namorado também está me apoiando. Na verdade, ele também se inscreveu. Vai que somos chamados juntos? Tudo pode acontecer" finaliza.

 

 

Comentários

Últimas notícias