Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

HOMENAGENS

Argentinos celebram 35 anos do golaço de Maradona sobre a Inglaterra

Nas redes sociais, a celebração foi organizada sob a hashtag "GritaloporD10s!"

AFP
AFP
Publicado em 22/06/2021 às 19:30
JUAN MABROMATA / AFP
Maradona faleceu em novembro de 2020. - FOTO: JUAN MABROMATA / AFP
Leitura:

Os torcedores argentinos comemoraram nesta terça-feira o 35º aniversário do "gol do século", aquele marcado por Diego Maradona contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986 no México, no horário exato, às 16h09 locais (mesmo horário de Brasília), com uma série de homenagens.

O gol marcado pelo então camisa 10 da seleção argentina após uma arrancada do campo de defesa, driblando seis marcadores, foi classificado como o mais bonito da história da Copa do Mundo, segundo o site oficial da FIFA em 2002.

A Federação Argentina de Futebol (AFA) convidou os torcedores do país para celebrar a memória do ex-jogador, que faleceu em 25 de novembro de 2020, aos 60 anos.

Nas redes sociais, a celebração foi organizada sob a hashtag "GritaloporD10s!"

A seleção da Argentina, que participa da Copa América, também relembrou o golaço em suas redes sociais.

Como parte da celebração, os telões do estádio La Bombonera, do Boca Juniors, clube onde Maradona se tornou ídolo, exibiram o vídeo contra os ingleses.

O estádio do Argentinos Juniors, onde Maradona iniciou sua carreira profissional em 1976, também mostrou imagens do gol.

O duelo entre as seleções da Argentina e Inglaterra pelas quartas de final da Copa do Mundo de 1986 no México teve uma conotação especial para os argentinos, que a vivenciaram como uma espécie de vingança quando ainda era recente a derrota na guerra das Ilhas Malvinas, quatro anos antes, na qual morreram 649 soldados do país sul-americano e 255 militares do lado britânico faleceram.

Últimas notícias