Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

sob controle

Com terceira pior defesa da Série B, Hélio diz que problema é um risco calculado no Náutico

Náutico só não sofreu gols em uma partida neste Campeonato Brasileiro

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 22/10/2021 às 16:54
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
TÉCNICO Hélio dos Anjos diz que desempenho negativo da defesa é fruto da postura ofensiva do time - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Náutico venceu seus três últimos jogos na Série B, mas sofreu cinco gols nos confrontos. Isso fez com que o Timbu se tornasse a terceira defesa mais vazada da competição, vendo as suas redes serem balançadas 37 vezes em todo o torneio. O desempenho só é melhor que o do Confiança (41) e Brusque (43).

De acordo com o técnico Hélio dos Anjos, estes números refletem o esquema do jogo da equipe alvirrubra, que tem uma pegada mais ofensiva. Segundo o treinador, é um risco calculado.

Veja mais sobre Náutico x Vasco no Blog do Torcedor no Ar

"Nós temos uma estrutura tática que faz com que corramos muito risco. É em cima desses riscos que corremos, que os adversários podem se aproveitar. Ou você é um time com posicionamento e com mobilidade ofensiva ou é um time reativo. Um time que vai entregar a bola pro adversário, vai ter um nível bem menor de gols tomados, mas gols feitos também não acontecem tanto e acaba não tendo grandes resultados", afirmou.

O Náutico só não sofreu gols em um jogo neste Brasileirão. Foi na vitória contra o CSA por 1x0. Se a defesa não vem dando conta do recado, o mesmo não pode se dizer do ataque, que vive momento oposto e é o quarto mais efetivo da Série B com 38 gols marcados. Esta polaridade agrada Hélio dos Anjos, principalmente se vierem acompanhados de bons resultados.

"Esse risco é de todos nós, baseado naquilo que hoje é a característica principal do Náutico. Podemos sim diminuir o número de gols, mas nosso jogo é um jogo de risco e estou satisfeito, porque a recuperação da equipe e a performance está muito boa nos últimos três jogos", complementou.

O Náutico volta a colocar esta fórmula em prática no próximo domingo (24), quando recebe a boa equipe do Vasco às 16h, nos Aflitos. Apenas dois pontos separam as equipes da tabela de classificação e o confronto é visto como jogo de seis pontos.

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias