Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Caxias do Sul

Juventude, de Jair Ventura, vence Internacional e fica a três pontos de sair do Z-4 do Brasileirão

O time do interior do Rio Grande do Sul vai "secar" o Bahia diante do Flamengo, nesta quinta-feira, no Maracanã

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 11/11/2021 às 1:08
FERNANDO ALVES/JUVENTUDE
Dawhan marcou um dos gols da vitória do Juventude - FOTO: FERNANDO ALVES/JUVENTUDE
Leitura:

Com Estadão Conteúdo

O Juventude bateu por 2x1 o Internacional, nesta quarta-feira (10), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. No jogo válido pela 31ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, a equipe do interior do Rio Grande do Sul quebrou o jejum de sete rodadas sem vencer. Os gols da parida foram marcados por Dawhan, Paulo Victor (contra) e Matheus Cadorini.

>> Sport esboça reação, mas perde para o América-MG pelo Brasileirão

>> Gustavo deixa jogo entre Sport x América-MG aos prantos; veja

>> Diego Souza faz gol da vitória do Grêmio, que encosta no Sport na luta contra o rebaixamento

Com o resultado, o Juventude ficou a três pontos do lado de fora da zona de rebaixamento do Brasileirão. A equipe do técnico Jair Ventura, ex-Sport, ocupa a 17ª colocação com 33 pontos, três a menos que o Bahia, 16º, e que joga nesta quinta-feira diante do Flamengo, no Maracanã.

O placar adverso deixou o Inter com 44 pontos, na sétima colocação, três atrás do Corinthians, que perdeu por 3 a 0 para o Atlético-MG. Caso tivesse vencido, teria igualado a pontuação dos corintianos e conseguido a ultrapassagem por vantagem no saldo de gols

BOLA ROLANDO

O jogo foi aberto desde os primeiros momentos, com os times atentos para aproveitar os espaços cedidos no campo adversário. Antes de o cronômetro marcar dez minutos de bola rolando, o Juventude contou com intervenções pontuais do lateral Michel e do zagueiro Quintero para evitar o gol do Internacional em boas investidas de Palacios e Maurício.

Quando criou oportunidades no campo de ataque, o time da casa se deparou com um Marcelo Lomba inspirado. O goleiro brilhou com excelentes defesas após finalizações de Ricardo Bueno, aos 18 minutos, e de Guilherme Catilho, aos 35. Depois, perto do final do primeiro tempo, Maurício quase deixou o Inter em vantagem ao acertar ao bola na trave.

O equilíbrio permaneceu no segundo tempo, mas a desatenção da defesa da equipe de Porto Alegre na bola aérea abriu o caminho para a vitória do Juventude. Dawhan marcou de cabeça, aos 21 minutos, ao subir sozinho na área após cruzamento de Castilho. A arbitragem marcou impedimento em campo, mas o VAR analisou o lance e validou o gol.

A noite ficou ainda mais infeliz para a defesa do Inter aos 40 minutos, no momento em que Paulo Victor tentou cortar um cruzamento e mandou bola contra a própria rede. Com pouco tempo para reagir, o Inter diminuiu aos 42 minutos, com um gol de cabeça de Matheus Cadorini, que entrou no lugar de Edenílson, mas o empate não veio.

O Internacional joga a 32ª rodada no Beira-Rio, onde recebe o Athletico-PR no próximo sábado, às 19 horas. Já o Juventude vai campo um dia depois, no domingo, para enfrentar a já rebaixada Chapecoense, na Arena Condá, a partir das 19 horas.

Comentários

Últimas notícias