Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

estratégia

Vasco e Cruzeiro: Fortes candidatos ao acesso, veja de quanto será a folha salarial dos times na Série B

Assim como Grêmio, Bahia e Sport, Vasco e Cruzeiro são as equipes que devem disputar rodada a rodada o acesso

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 19/01/2022 às 9:21
R9 Gestão Patrimonial e Financeira
Será o primeiro jogo da Raposa sob a gestão de Ronaldo Fenômeno - FOTO: R9 Gestão Patrimonial e Financeira
Leitura:

Após não conseguirem o acesso no ano passado, Vasco e Cruzeiro projetam investimentos maiores na Série B de 2022 para retornarem à elite do futebol brasileiro.

Em meio a crise financeira que passam, a ideia dos clubes é ter um orçamento enxuto, mas com um elenco competitivo para o nível do campeonato.

A dupla avaliou que dinheiro não é o problema, visto que a média da folha salarial das quatro equipes que subiram em 2021 girava em torno de R$ 2 milhões.

> Vasco: com chegada de novo camisa 10 e saída de Cano, veja time-base cruzmaltino para 2022

> Cruzeiro: após saída de Fábio e outros atletas, veja time-base da Raposa para 2022

Para este ano, o Vasco aprovou um orçamento de R$ 37,5 milhões com a sua folha salarial, o que significaria um gasto mensal de aproximadamente R$ 3,5 milhões.

A equipe carioca se desfez de alguns jogadores com salários altos, como foi o caso do atacante Germán Cano, que acertou com o rival Fluminense. Também saíram nomes como o meia Marquinhos Gabriel, o volante Andrey  e o goleiro Lucão.

Pelo lado do Cruzeiro, desde a compra da SAF por parte de Ronaldo Fenômeno, o ex-jogador vem "cortando na carne" os gastos do clube. Em uma conta que não batia, o dono da Raposa identificou que a clube teria em 2022 uma gasto previsto de R$ 90 milhões, com entrada de apenas R$ 60 milhões. 

A solução foi a dispensa de jogadores que já haviam sido anunciados neste ano, além de outros remanescentes. Com isso, a expectativa é de que os vencimentos mensais fiquem em torno de R$ 1,5 e R$ 2 milhões.

Comentários

Últimas notícias