Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

novos ares

André Jardine deixa comando da seleção olímpica para assumir time da lanterna do Campeonato Mexicano; entenda

Brasileiro tentará fazer com que a equipe mexicana escape do rebaixamento

Estadão Conteúdo Haim Ferreira
Estadão Conteúdo
Haim Ferreira
Publicado em 04/02/2022 às 11:19
MARCO GALVÃO/CBF
Jardine disse estar saindo satisfeito da seleção brasileira após o trabalho realizado - FOTO: MARCO GALVÃO/CBF
Leitura:

Campeão olímpico em Tóquio, o técnico André Jardine trocou a seleção olímpica brasileira pelo lanterna do Campeonato Mexicano. O treinador foi anunciado oficialmente na última quinta-feira (3) pelo Atlético San Luis, que ressaltou suas qualidades em formar jogadores.

"Aos 42 anos, André chega ao clube após ter conquistado a medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio 2020 como diretor técnico da seleção brasileira, conquista pela qual foi escolhido como Treinador do Ano no Prêmio Brasil Olímpico de 2021", informou o clube mexicano em suas redes sociais.

> Jogadores da seleção argentina provocam os brasileiros após vitória contra a Colômbia; confira

> Galvão Bueno vai aos prantos com jogo da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo; entenda o motivo

Após a olimpíada, André Jardine serviu Tite como auxiliar na seleção principal nos embates das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar. O treinador é aguardado no México nesta sexta-feira para iniciar os trabalhos na nova casa.

Jardine é o sexto treinador contratado pelo clube desde seu acesso à elite do futebol mexicano, em 2019. Sua missão é melhorar o desempenho no campeonato nacional e tirar a equipe da última colocação, após perder nas três rodadas disputadas.

No futebol brasileiro, Jardine já passou pela base de Internacional, Grêmio e São Paulo. Ele, inclusive, chegou a treinar o time principal do tricolor.

O San Luis visita o América, sábado, no estádio Asteca, mas o comandante brasileiro ainda não deve estar no banco de reservas.

Comentários

Últimas notícias