Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

Copa do Mundo 2022

Sem Daronco, Fifa revela árbitros brasileiros para a Copa do Mundo no Catar

Pela primeira vez, Brasil terá dois árbitros na Copa

Victor Peixoto
Victor Peixoto
Publicado em 19/05/2022 às 10:06 | Atualizado em 19/05/2022 às 10:27
Divulgação/CBF
O gaúcho Anderson Daronco é um dos árbitros mais prestigiados do Brasil - FOTO: Divulgação/CBF
Leitura:

Fifa divulgou nesta quinta-feira (19), o quadro de árbitros para a Copa do Mundo 2022, que será disputada entre 21 de novembro 18 de dezembro no Catar.

Pela primeira vez na história, o Brasil terá dois árbitros escalados para a Copa. Serão eles o paulista Raphael Claus e o goiano Wilton Pereira Sampaio, que farão sua estreia no mundial, que teve o agora comentarista Sandro Meira Ricci como representante brasileiro em 2014 2018.

Serão 36 árbitros no total.

Além deles, outros cinco brasileiros estarão entre os 69 assistentes escalados. Bruno Boschilia, Rodrigo Figueiredo, Bruno Pires e Danilo Simon, além de Neuza Back, que será a primeira mulher brasileira escalada para uma Copa do Mundo.

No VAR, o Brasil não terá nenhum representante.

Ausência de Daronco

A presença de dois árbitros brasileiros surpreende positivamente, sobretudo numa época de tantos questionamentos quanto à qualidade da arbitragem nacional, em geral por questões envolvendo muito mais o VAR do que a arbitragem de campo.

Mas, uma ausência também surpreende, a do gaúcho Anderson Daronco. Um dos árbitros mais populares do País, Daronco também é um dos mais prestigiados e pertence ao quadro da Fifa desde outubro 2014.

Um dos motivos que podem explicar a ausência de Daronco é a arbitragem de Uruguai 1 x 0 Peru pela penúltima rodada das Eliminatórias, em Montevidéu, que gerou uma denúncia por parte dos peruanos junto à Fifa.

A Federação Peruana de Futebol reclama da não-validação de um gol do Peru em que a bola teria ultrapassado a linha. O VAR reviu o lance e confirmou a decisão de Daronco e assistentes de não dar o gol.

O resultado foi determinante para a classificação direta do Uruguai para a Copa do Mundo e deixou o Peru na Repescagem.

Comentários

Últimas notícias