cibercrime

Golpe do 'Ovo de Páscoa' já faz mais de 560 mil vítimas no WhatsApp

Foram identificados seis links maliciosos que utilizam indevidamente nome de empresas de chocolate para enganar vítimas

Manuela Figuerêdo
Manuela Figuerêdo
Publicado em 08/04/2020 às 10:29
Notícia
Foto: Divulgação
Em todo o país, magistrados determinam a quebra de sigilo de usuários que são investigados e obrigam o Facebook, que é proprietário do aplicativo, a repassar os dados das conversas com outros usuários à Justiça - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Com a Páscoa chegando, chegou também um novo golpe que combina com o feriado. Com mais de 560 mil vítimas, em apenas três dias de circulação, o golpe do 'Ovo de Páscoa' é o novo cibercrime que tem sido aplicado no WhatsApp. Para mostrar veracidade, o golpe faz uso da hashtag #ficaemcasa para justificar a promoção, devido à pandemia do coronavírus que tem provocado o isolamento social.

Segundo o DFNDR Lab, foram identificados seis links maliciosos que utilizam indevidamente o nome das empresas de chocolate Nestlé e Cacau Show para enganar vítimas com a oferta de ovos de Páscoa grátis. A suposta promoção contemplaria cinco mil participantes com ovos de chocolate entregues em casa. O objetivo do golpe é roubar dados pessoais e financeiros das vítimas ou levá-las a páginas falsas para visualizar publicidades excessivas.

"Para tornar o ataque mais crível, estes atacantes utilizam o nome de grandes empresas. Eles utilizam uma mecânica fácil que solicita às vítimas que respondam algumas questões simples como 'qual tipo de chocolate prefere e 'já comprou em nossas lojas nos últimos 3 meses", explicou o diretor da DFNDR Lab, Emilio Simoni. "Por fim, pedem o compartilhamento do link malicioso com no mínimo 15 contatos do WhatsApp para garantir o recebimento do prêmio. No intuito de ganhar aquele brinde, a vítima segue os passos e acaba se tornando vetor de disseminação do golpe", completou.

Em nota, a Cacau Show informou que "a mensagem de WhatsApp que está circulando em nome da empresa, prometendo a doação de 5 mil ovos a quem clicar no link relacionado, é fake news. A Cacau Show reitera que não realiza esse tipo de doação por WhatsApp para pessoas físicas". A empresa acrescentou ainda que está tomando todas as providências legais e cabíveis em relação ao ocorrido.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias