É FAKE!

Golpe promete R$ 470 para ajudar beneficiários do Bolsa Família a combater coronavírus

Vítimas são induzidas a fornecerem seus dados pessoais

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 18/03/2020 às 7:47
Notícia
Foto: Divulgação
Em todo o país, magistrados determinam a quebra de sigilo de usuários que são investigados e obrigam o Facebook, que é proprietário do aplicativo, a repassar os dados das conversas com outros usuários à Justiça - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Um novo golpe circula nas redes sociais prometendo o auxílio de R$ 470 para compra de material de limpeza e máscaras para que beneficiários do Bolsa Família possam evitar a disseminação do novo coronavírus. A informação foi divulgada pela Polícia Federal em Pernambuco nesta quarta-feira (18).

A artimanha consiste em um link que está sendo enviado para contas do WhatsApp e Facebook. Para dar veracidade à mensagem, os golpistas exibem relatos falsos de supostos beneficiários que já receberam o valor e atrelam a logomarca do Bolsa Família ao aviso do direito ao saque.

A vítima é incentivada a compartilhar o link malicioso com três grupos e mais sete amigos dos seus contatos do WhatsApp e, ao clicar na mensagem, é direcionada a responder um questionário com as perguntas: “você é beneficiário do Bolsa Família?”, “você já fez o saque no valor de R$ 470?” e “você gostaria de fazer o agendamento de seu saque?”.

Os usuários ainda são instruídos a preencher um formulário com informações pessoais, como nome completo, endereço, CPF, número do cartão cidadão ou do Bolsa Família e senha. A Polícia Federal informa que, com estes dados, “os integrantes da quadrilha podem sacar os benefícios do Bolsa Família, FGTS, e também aplicar golpes financeiros, constituindo empresas falsas, abrir contas bancárias e em lojas comerciais, fazer empréstimos ou compras com cartão de crédito, utilizando os dados e números dos documentos das pessoas”.

A Polícia Federal alerta que é bastante comum que os cibercriminosos se aproveitem de situações que envolvem calamidades para criar e aplicar golpes financeiros com temáticas personalizadas para enganar as pessoas. “Neste caso, os golpistas utilizam indevidamente o programa Bolsa Família, voltado para a população de baixa renda, a fim de atrair esse público que, eventualmente, possa ter alguma dificuldade financeira tendo em vista o alastramento do Covid-19 para induzir e enganar as pessoas”, explica, por meio de nota.

Como não cair em golpes

Instruções dadas pela Polícia Federal em Pernambuco

  1. Ao receber uma mensagem deste tipo, desconfie sempre antes de clicar nos links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais.
  2. Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: agendamentos liberados até hoje, último dia para o saque, urgente, não perca essa oportunidade, quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não averiguem a veracidade do conteúdo nas páginas e órgãos oficiais.
  3. Certifique-se no site oficial da empresa ou governamental sobre a veracidade do que está sendo oferecido, principalmente quando se tratar de supostas promoções, ofertas de dinheiro, brindes, descontos ou até promessas de emprego. Nesse caso, o Ministério da Cidadania já esclareceu e alertou que são falsas as informações sobre o suposto benefício de R$ 470 reais para compra de produto de limpeza e máscaras para prevenir o coronavírus.
  4. Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas.
  5. Nenhum órgão do governo federal se comunica solicitando dados e informações dos seus beneficiários ou servidores através de links via WhatsApp;
  6. Nunca preencha nenhum cadastro, formulário ou pesquisa fornecendo seus dados pessoais de links enviados pelo WhatsApp;
  7. Mantenha um bom antivírus instalado no celular.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias