pandemia

Após vacinação em massa, município de São Paulo reduz mortes por covid-19 em 95%; cidade deve receber show teste

Com alto índice de contágio, Serrana foi escolhida para participar de estudo do Instituto Butantan

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 31/05/2021 às 9:45
Notícia
LEANDRO DE SANTANA/PJG
Os efeitos desta vacinação em larga escala foram acompanhados por pesquisadores por quatro meses - FOTO: LEANDRO DE SANTANA/PJG
Leitura:

Com informações do G1

Após participar do estudo do Instituto Butantan para avaliar a eficácia da Coronavac em populações inteiras, a cidade de Serrana, no interior São Paulo, vive um contraponto do que é visto em outros municípios brasileiros. Dados apontam que, depois do fim da vacinação contra a covid-19, as mortes em decorrência da doença caíram em 95% na cidade. De acordo com o gestor estadual João Doria, o governo pretende realizar um grande evento como teste no município.

Com alto índice de contágio, Serrana foi escolhida para participar do projeto, que contou com uma vacinação em massa. Isso fez com que a cidade, de 45 mil habitantes, fosse dividida em 25 áreas que, por sua vez, formaram quatro grupos. Cada grupo foi vacinado com uma semana de diferença.

>> Brasil tem 21,36% da população vacinada com a primeira dose contra a covid-19

>> Paulista amplia vacinação de grupos prioritários a partir de terça-feira (1º); Veja quem pode se vacinar

Os efeitos desta vacinação em larga escala foram acompanhados por pesquisadores por quatro meses. Durante esse período, eles viram a cidade aumentar o número de casos de infectados antes mesmo que a vacinação fosse finalizada. No entanto, entre o fim de março e início abril, o cenário começou a modificar. Cientistas constataram que a situação começou a mudar quando dois dos quatro grupos foram imunizados com a segunda dose da vacina. Com isso, o número de casos sintomáticos caiu em 80%, enquanto a quantidade de pessoas hospitalizadas caiu cerca de 86%.

Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, veiculada nesse domingo (30), o governador de São Paulo, João Doria afirmou que, em conjunto com o Instituto Butantan, pretende realizar um grande evento no município, em forma de teste.

"É parte dos planos do governo de São Paulo e do Butantan realizar também um grande evento público em Serrana para testar, um evento ao ar livre, com música, com shows, e com as devidas cautelas,
inclusive, com a manutenção do uso de máscaras", declarou.

Comentários

Últimas notícias