INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Entenda por que o desfile cívico de 7 de setembro foi cancelado em 2021

Pelo segundo ano consecutivo, não haverá o tradicional desfile cívico-militar do dia 7 de setembro, em homenagem à Independência do Brasil

Agência Brasil
Bruna Oliveira
Marcelo Aprígio
Publicado em 03/09/2021 às 10:11
Foto: Tião Siqueira/TV Jornal
Desfile cívico-militar em Pernambuco antes da pandemia da covid-19 - FOTO: Foto: Tião Siqueira/TV Jornal
Leitura:

Pelo segundo ano consecutivo, o tradicional desfile cívico-militar do dia 7 de setembro, em homenagem à Independência do Brasil, foi cancelado pelo Ministério da Defesa em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Portanto, a única cerimônia oficial prevista para a próxima terça-feira é um evento de hasteamento de bandeira no Palácio do Alvorada, em Brasília.

Segundo a jornalista Malu Gaspar, de O Globo, nos primeiros meses do ano, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom) chegou a cogitar a realização de um grande evento, com previsão de público de 20 mil pessoas, mas a iniciativa não foi adiante.

Em 2020, mesmo com as restrições ao desfile cívico devido à pandemia, a solenidade, que contou com exibição da Esquadrilha da Fumaça, do hasteamento da bandeira nacional e da execução do Hino Nacional pela Banda do Batalhão da Guarda Presidencial, atraiu muitas pessoas até a frente do Palácio da Alvorada.

Na ocasião, uma portaria ministerial foi publicada no Diário Oficial da União, com quase um mês de antecedência, orientando às Forças Armadas a não participarem de desfiles, paradas, demonstrações ou outros eventos comemorativos que pudessem causar concentração de pessoas.

Pernambuco

Como não haverá desfile cívico-militar em respeito aos protocolos e cuidados preventivos de combate ao coronavírus, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco informou que as escolas da Rede Estadual estão realizando diversas atividades em alusão ao Dia 7 de setembro, com apresentações, hasteamento da Bandeira, Hinos e reflexões sobre a responsabilidade individual na construção constante de uma pátria livre e solidária.

Coronavírus no Brasil

Dados do Ministério da Saúde apontam que, até essa quinta-feira (2), o Brasil registrou 20.830.495 infecções pela covid-19 e 581.914 óbitos em decorrência da doença, desde o início da pandemia.

Ainda há 446.856 casos em acompanhamento, ou seja, pessoas que tiveram o diagnóstico de covid-19 confirmado e estão sendo atendidas por equipes de saúde ou se recuperando em casa.

Comentários

Últimas notícias