EMPATIA

250 crianças em situação de vulnerabilidade terão dia especial

ONG Visão Mundial levará crianças para parque de diversões em Olinda

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 27/04/2018 às 11:57
Credito: Acervo/Visão Mundial
ONG Visão Mundial levará crianças para parque de diversões em Olinda - FOTO: Credito: Acervo/Visão Mundial
Leitura:

Na próxima sexta-feira (27), a partir das 14h, cerca de 250 crianças de 10 a 16 anos das comunidades do Córrego do Jenipapo, Passarinho, Nova Descoberta, Aritana e Guabiraba, vão ter uma tarde de diversão no parque de diversões Mirabilandia, localizado no bairro de Salgadinho, em Olinda. A ação é realizada pela ONG Visão Mundial, organização não governamental especializada na proteção à infância.

O contexto das crianças atendidas é de extrema vulnerabilidade em áreas periféricas do Recife com índices alarmantes de violência. Muitas vezes, a infância é marcada por exploração sexual, abuso, trabalho infantil e privação ao acesso básico de saúde, educação, saneamento e moradia. “A maioria dessas crianças sonham com esse momento porque elas não têm espaços de lazer e acesso a um parque”, conta Kess Jones, coordenador dos projetos da Visão Mundial em Recife.

Além de proporcionar um momento de lazer, a ação tem o objetivo de conscientizar as crianças sobre a garantia dos direitos. “Mais que um momento de diversão, esse é o tempo de formação cidadã das crianças e adolescentes que atendemos”, afirma Kess.

João Guilherme, 11, é uma das crianças atendidas pela Visão Mundial em Recife e está ansioso para ir ao parque. “Nunca fui ao Mirabilandia porque minha família não tem condições de me levar, mas quero muito ir à montanha russa e brincar muito com meus amigos”, conta.

RECORDE NEGATIVO PARA PERNAMBUCO

Segundo o Disque Denúncia, em 2016, Pernambuco ficou em terceiro lugar do ranking de denúncias sobre violência sexual contra pequenos e adolescentes. Os dados foram divulgados pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, vinculada ao Ministério da Justiça e Cidadania. No ano passado, 609 crianças (entre zero e onze anos) sofreram violência sexual no Estado, de acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.

VISÃO MUNDIAL

Em Recife, a Visão Mundial atende mais de 1.000 crianças e adolescentes com projetos na área de educação em parceria com escolas públicas por meio do Conexão Escola, metodologia de prevenção à violência e fortalecimento psicosocial-emocional e cognitivo da criança. Durante a semana, a ONG recebe cerca de 70 crianças na sede dos projetos, localizada na comunidade de Guabiraba, e oferece aulas de música com rabeca e violão, além de oficinas para estimular práticas de leitura e escrita das crianças e adolescentes.

Últimas notícias