Debate

Seminário discute inclusão e cultura cigana no Recife

Comunidade cigana irá reivindicar ao Ministério Público políticas de inclusão social e cultural do cigano. Encontro acontece na Praça do Arsenal nesta terça (22)

Maria Luisa Ferro
Maria Luisa Ferro
Publicado em 21/05/2018 às 8:50
Divulgação
Comunidade cigana irá reivindicar ao Ministério Público políticas de inclusão social e cultural do cigano. Encontro acontece na Praça do Arsenal nesta terça (22) - FOTO: Divulgação
Leitura:

A comunidade cigana de Pernambuco, que atualmente conta com 20 mil integrantes,  se reunirá nesta terça (22) para pedir o apoio do Ministério Público para promover a inclusão social do cigano e pedir auxílio no combate à problemas como alvos de preconceito e perseguição. O encontro acontecerá durante o IV Seminário dos Povos Ciganos de Pernambuco, que será realizado no auditório da Secretaria de Direitos Humanos, que fica na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife.

O evento contará com a presença de membros da Associação dos Ciganos de Pernambuco (Acipe) e representantes de diversas secretarias estaduais. Um dos assuntos que serão tratados é a criação de uma comissão para elaboração de um plano estadual e reconhecimento da cultura e defesa dos direitos dos quase 1 milhão de ciganos que vivem no Brasil. Além das rodas de conversa, o seminário contará com apresentações culturais de elementos ciganos. A entrada é gratuita.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias