Balanço

Detran-PE autua mais de 100 motoristas durante feriado de 7 de setembro

As ações do Detran-PE, abordaram 820 veículos em blitzes nas cidades de Recife, Olinda, Paulista, Cabo, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Gravatá, além das áreas de praia

JC Online
JC Online
Publicado em 13/09/2018 às 16:36
Fotos: Divulgação/Detran-PE
As ações do Detran-PE, abordaram 820 veículos em blitzes nas cidades de Recife, Olinda, Paulista, Cabo, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Gravatá, além das áreas de praia - FOTO: Fotos: Divulgação/Detran-PE
Leitura:

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) divulgou nesta quinta-feira (13) o balanço das Operações Trânsito Seguro (OTS) e Rota de Fuga (ORT), onde cerca de 137 condutores foram autuados. As ações aconteceram durante o feriado de 7 de setembro.

As ações do Detran-PE, abordaram 820 veículos em blitzes nas cidades de Recife, Olinda, Paulista, Cabo, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Gravatá, além das áreas de praia de Porto de Galinhas, Ilha de Itamaracá e Maria Farinha, e as orlas de Olinda, Boa Viagem e Piedade, onde o foco foi na educação, fluidez e teste do bafómetro.

Ambas as operações contaram com o auxílio da Polícia Militar (PM) e do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran).

Infrações

Os condutores foram autuados por não uso do cinto de segurança, inclusive no banco traseiro; falar ao celular durante a condução do veículo; não portar Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e documento de porte obrigatório (Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo (CRLV); dirigir sob o efeito de álcool; falta de equipamento obrigatório de segurança; e carregar criança sem o uso da cadeirinha. Desses, 31 tiveram o veículo removido para o depósito do Órgão; foram realizados 230 testes de alcoolemia, desses 10 condutores foram autuados por alcoolemia.

Operações

OTS

Tem como foco principal observar infrações do cotidiano, comuns nas ruas e avenidas, sempre garantindo o cumprimento das leis e da fluidez do trânsito.

ORT

Já essa operação tem como objetivo mobilizar as equipes para que os agentes se posicionem estrategicamente, a fim de impedir a fuga dos infratores e por fim impedir a realização de manobras perigosas nas vidas como calçadas, colocando em risco a segurança no trânsito, inclusive dos pedestres.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias