Investigação

Carro de comissário desaparecido é achado com sangue em São Lourenço

O comissário aposentado José Augusto Bonnannete foi visto pela última vez na quarta-feira, em Ribeirão; polícia civil acredita que a vítima tenha sido alvo de um assalto

JC Online
JC Online
Publicado em 30/06/2017 às 21:25
Foto: Reprodução TV Jornal
O comissário aposentado José Augusto Bonnannete foi visto pela última vez na quarta-feira, em Ribeirão; polícia civil acredita que a vítima tenha sido alvo de um assalto - FOTO: Foto: Reprodução TV Jornal
Leitura:

Em meio às buscas pelo comissário aposentado da Polícia Civil de Pernambuco José Augusto Bonnannete, desaparecido desde a última quarta-feira (28), policiais do 20º Batalhão da Polícia Militar e do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) encontraram o carro dele que havia sido roubado. Apesar da descoberta, ainda não há pistas sobre o paradeiro da vítima.

De acordo com a investigações, dois homens estavam lavando o carro, que estava sujo de sangue, quando foram abordados pela PM na tarde desta sexta-feira (30). Filipe Vitorino de Brito, 25 anos, e Everaldo José da Silva, 42, estavam em frente à casa da namorada de Filipe, no bairro da Muribara, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. A dupla foi detida e levada até a Delegacia de Camaragibe onde negou participação no desaparecimento do comissário e disse ter comprado o veículo da vítima por R$ 5 mil.

Dentro da casa da namorada de Filipe ainda foram encontradas duas placas de veículos roubados. Entre elas, uma pertencia a um veículo Fox, que, de acordo com a polícia, pode ter sido usado em diversas ocorrências de assalto. As placas foram recolhidas para análise e a dona da casa foi ouvida pela delegada Euricélia Nogueira, que está à frente das investigações.

Dupla tinha antecedentes criminais

Filipe Vitorino é ex-presidiário e cumpriu pena por roubo, já Everaldo José estava foragido da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), onde cumpria pena pelos crimes de tráfico de drogas, roubo e homicídio.

O desaparecimento

O comissário aposentado José Augusto Bonnannete foi visto pela última vez, na quarta-feira, na cidade de Ribeirão, Zona da Mata pernambucana, onde estava morando há alguns meses. A polícia civil acredita que a vítima tenha sido alvo de um assalto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias