ZONA OESTE

Homem é encontrado morto dentro de sua residência nos Torrões

Segundo populares, a vítima, que era homossexual, já estava em avançado estado de decomposição. A Polícia Militar ainda não confirma se foi homicídio

Ana Roberta Amorim
Ana Roberta Amorim
Publicado em 17/01/2018 às 19:49
Foto: Reprodução/Google Maps
Segundo populares, a vítima, que era homossexual, já estava em avançado estado de decomposição. A Polícia Militar ainda não confirma se foi homicídio - FOTO: Foto: Reprodução/Google Maps
Leitura:

O corpo de um homem foi encontrado no início da noite desta quarta-feira (17), no bairro dos Torrões, Zona Oeste do Recife. De acordo com a Polícia Militar, o rapaz, que era homossexual e conhecido pelos vizinhos como Clóvis, foi localizado em cima da cama, dentro da sua residência, que fica na Rua Brasileia.

Uma vizinha da vítima, que não quis se identificar, afirmou que o homem, foi visto pela última vez na segunda-feira (15). Uma amiga dele, que também mora na localidade, disse que não havia mais tido contato com o homem desde então.

Nesta quarta-feira, outra vizinha afirmou ter sentido um cheiro forte vindo da casa da vítima. Ela avisou a outras pessoas da região que resolveram verificar. De acordo com os vizinhos, o corpo de Clóvis estava manchado de sangue, inchado e em avançado estado de decomposição (informação não confirmada pela polícia).

Bom vizinho

Segundo populares, Clóvis era cabeleireiro e, nos últimos dias, não havia se envolvido em nenhuma briga ou desentendimento que chamasse a atenção na comunidade. 'Ele era uma ótima pessoa, se dava bem com todos, sempre alegre. A gente não viu nada nem ninguém entrar na casa dele e que pudesse ter feito uma coisa dessas', disse uma das vizinhas. 

O Instituto de Medicina Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) estão indo para o local. Segundo a PM, ainda não possível saber se é um caso de homicídio ou morte natural, informação que só pode ser confirmada após a perícia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias