VIOLÊNCIA

Universitário denuncia agressão por homofobia no Recife Antigo

Após o ocorrido, o universitário foi até a Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, onde registrou um boletim de ocorrência por preconceito, racismo e discriminação

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 11/10/2018 às 22:39
Foto: Reprodução/ Google Street View
Após o ocorrido, o universitário foi até a Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, onde registrou um boletim de ocorrência por preconceito, racismo e discriminação - FOTO: Foto: Reprodução/ Google Street View
Leitura:

Um universitário de 21 anos foi vítima de homofobia no começo da noite desta quinta-feira (11), no bairro do Recife, área central da cidade. Segundo a vítima, que estava no intervalo de seu estágio, localizado no mesmo bairro, ele havia ido comprar um lanche numa das barraquinhas localizadas na Avenida Marquês de Olinda e quando foi atravessar a rua, um homem numa motocicleta parou, fazendo menção de deixá-lo passar e deu uma tapa na cabeça dele - que pegou de raspão.

Além da agressão física, o jovem disse que o motoqueiro ainda gritou algo do tipo: “essa raça vai acabar” e fugiu. O estudante voltou para o local do estágio e começou a chorar, em choque. “Eu já tinha escutado relatos desse tipo de violência, mas nunca tinha acontecido comigo. Provavelmente foi por causa do meu jeito, por homofobia, mas ele que está errado por se incomodar comigo. Isso é inaceitável”, contou por telefone ao Jornal do Commercio.

“Eu não tive reação para nada. Nem para ver a placa da moto. Cheguei no estágio e comecei a chorar quando percebi o que tinha acontecido”, continua.

Polícia

Após o ocorrido, o universitário foi até a Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, onde registrou um boletim de ocorrência por preconceito, racismo e discriminação.

“Bem eu não tô, mas a gente vai seguindo em frente e lutando”, finalizou o jovem.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias