SERTÃO DE PERNAMBUCO

Padrasto é suspeito de abusar sexualmente menina de seis anos em Petrolina

O abuso foi descoberto pelas professoras da escola onde a criança estuda

JC Online
JC Online
Publicado em 18/12/2018 às 7:42
AGÊNCIA BRASIL
Zero de interesse do Estado que constitucionalmente é laico, mas na prática é governado com visões religiosas - FOTO: AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Uma menina de seis anos foi abusada sexualmente em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O abuso foi descoberto pelas professoras da escola onde a criança estuda. O principal suspeito é o padrasto da garota, que é considerado foragido pela polícia.

O Conselho Tutelar da cidade ouviu a mãe da menina e confirmou o possível estupro, após fazer um boletim de ocorrência. O caso foi denunciado à Vara da Infância e Juventude e ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Segundo o juiz Marcos Barcelar, da Vara da Infância e Juventude de Petrolina,  a criança está sob tutela dos órgãos competentes. "O abuso teria acontecido dentro do próprio ambiente familiar. Em razão disso, por esse risco, houve o acolhimento da criança. Também não foram localizados outros familiares da menina", afirmou o magistrado.

Não seria a primeira vez

Testemunhas contaram que esta não seria a primeira vez que a garota teria sido abusada sexualmente pelo padrasto. Na primeira vez, a menina morava com a família em Juazeiro, na Bahia, e depois que os abusos foram descobertos, eles se mudaram para Petrolina, onde a menina vinha sendo acompanhada por um psicólogo.

Últimas notícias