Saúde

Confira dicas para aproveitar o verão sem colocar a saúde em risco

Protetor solar, óculos e camisetas que retenham radiação ajudam a evitar problemas que podem ser causados pela exposição ao sol

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 07/01/2017 às 7:11
Diego Nigro/JC Imagem
Protetor solar, óculos e camisetas que retenham radiação ajudam a evitar problemas que podem ser causados pela exposição ao sol - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Com a chegada do verão e das férias de janeiro, as praias se tornam o reduto preferido de quem deseja relaxar e curtir a paisagem formada por mar e areia numa temporada em que o sol emoldura o céu limpo. Bom é saber que dá para aproveitar a estação mais quente do ano sem colocar a saúde em risco.

Para isso, é preciso levar a sério uma lista de dicas, como intensificar o uso de filtro solar, que deve ser aplicado diariamente, e não apenas em momentos de lazer. Além do protetor, especialistas são unânimes ao falar sobre a necessidade do uso de chapéu com abas largas, óculos de sol e camisetas que retêm a radiação ultravioleta (UV). 

A família Zirpoli é uma das que não abrem mão da praia nem mesmo na temporada em que a radiação solar está mais intensa. Para afastar os riscos de danos à saúde, a administradora Adriana Zirpoli, 42 anos, conta que não valoriza a exposição solar desprotegida. Mãe de Beatriz, 6, e Letícia, 10, ela caminha frequentemente pela Avenida Boa Viagem. Começa a dar os passos antes das 6h. O pai, o engenheiro civil aposentado Humberto Zirpoli, 80, faz o mesmo, mas prefere andar na areia. Ambos não abrem mão do filtro solar nem de camisas que conferem proteção solar.

“Quem tem o hábito de caminhar percebe mesmo que está mais quente. Se perdemos a hora e deixamos para caminhar um pouco mais tarde, sentimos a intensidade do sol”, conta Adriana, que estimula as filhas a se protegerem da radiação. “Quando vou com elas à praia, no máximo às 9h estamos voltando para casa. E bebemos muita água para hidratar.”

PESQUISA

Essas estratégias de proteção são básicas, mas infelizmente nem todo mundo segue cuidados essenciais para se proteger dos raios solares. Uma pesquisa inédita, lançada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) em dezembro e realizada pelo Datafolha, revelou que nenhum dos brasileiros se protege de forma completa (evitando o sol das 10h às 16h, usando chapéu, óculos, filtro solar ou guarda-sol) e só 23% usam o protetor diariamente como recomendado pelos dermatologistas. Dedicar alguns minutos diários para investir em cuidados pode fazer com que o sol não se torne um vilão, e, sim, um aliado para fazer do verão uma estação prazerosa.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias