Tico Santa Cruz defende Fábio Assunção: 'É mais fácil atacar do que acolher'

O músico se solidarizou com Fábio: 'Não farei juízo de valores. Ninguém está livre de passar por algo desse tipo'

Fotos: Divulgação
O músico se solidarizou com Fábio: 'Não farei juízo de valores. Ninguém está livre de passar por algo desse tipo' - FOTO: Fotos: Divulgação

O ator global Fábio Assunção foi preso neste sábado (24) de São João, em Arcoverde, Sertão de Pernambuco, por desacato. Em meio à piadas e solidariedade ao ator nas redes sociais, o músico Tico Santa Cruz fez um depoimento em defesa de Fábio.

"Em nossos encontros trocamos por diversas vezes impressões e considerações sobre a questão das drogas. Sobre o quanto Fábio foi corajoso em expor sua doença publicamente e enfrentar as consequências dessa exposição. Sim, dependência química é uma doença e dessa forma deve ser tratada. E ela não está relacionada apenas com drogas ilícitas, como muitas pessoas possam acreditar. Está altamente associada ao ÁLCOOL", escreveu Tico em sua página no Facebook.

Tico Santa Cruz reforçou o sentimento de empatia e solidariedade. "Em tempos onde tudo é filmado, fotografado, exposto nas redes sociais, e os juízes da vida alheia, empodeirados (sic) por suas convicções moralistas, começam a atirar para todos os lados opiniões e julgamentos, sem sequer saber o que se passou exatamente, deixo aqui meu abrigo. Não farei juízo de valores. Ninguém está livre de passar por algo desse tipo. Esse é um relato de solidariedade. Lamento que tenha acontecido e aos demais envolvidos. Mas acima de tudo, ressalto que esse homem tem um coração gigante."

LEIA DEPOIMENTO COMPLETO:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias