'Não consigo acreditar que ela não vai voltar para casa', diz companheira de Marielle

Mônica contou que o último contato com a vereadora do PSOL foi momentos antes do crime

Foto: Reprodução/Facebook
Mônica contou que o último contato com a vereadora do PSOL foi momentos antes do crime - FOTO: Foto: Reprodução/Facebook

Pela primeira vez, a companheira da vereadora Marielle Franco (PSOL), Mônica Tereza Benício, concedeu uma entrevista para falar sobre o crime que aconteceu na última quarta-feira (15). 'Não consigo acreditar que ela não vai voltar para casa', lamentou. A arquiteta vivia com Marielle há um ano e juntas, lutavam pela causa LGBT.

Durante a exibição da entrevista ao Fantástico, da TV Globo, exibida no último domingo (18), Mônica contou que o último contato com a vereadora do PSOL foi momentos antes do crime. "Marielle me mandou uma mensagem no celular dizendo que já estava dentro do carro voltando para casa. Ela me perguntou se eu queria que ela comprasse alguma coisa para trazer para casa", disse.

Por causa da demora da sua chegada, a arquiteta decidiu ligar para a companheira. "Liguei uma vez, ela não atendeu. Liguei de novo. E depois mais 20 vezes e ela não atendia. Passou um tempo e uma amiga veio me avisar. Ela disse para mim: Mônica, você precisa ser forte. A Marielle morreu", desabafou.

Última foto

Na sua última foto ao lado de Mônica postada no Instagram, Marielle escreveu: “Parabéns pra essa cidade do coração, que, infelizmente, tem sido tão maltratada historicamente, inclusive nos últimos anos. E que quanto mais parece estar abandonada, mais fica hostil às mulheres e à população negra. Que nos próximos aniversários comemoremos como realmente gostaríamos: com um Rio para todas e todos!”.

Homenagem

Katy Perry homenageou Marielle Franco, assassinada na última quarta-feira (14), durante show no Rio de Janeiro, na noite deste domingo (18). A cantora americana dedicou a música 'Unconditionally' à vereadora e chamou a filha, Luyara Santos, e a irmã dela, Anielle Silva, ao palco.

 

  

Após pedir um minuto de silêncio, Katy Perry expressou sua solidariedade à família de Marielle, que não conteve as lágrimas. "Nós estamos com vocês, amamos vocês e nossos corações estão quebrados, nós olhamos por vocês", disse. 

À filha de Marielle, a cantora afirmou que a vereadora estava olhando por ela. "Sua mãe está te vendo, continue brilhando por ela". Anielle Silva, irmã da vereadora, agradeceu pela homenagem e puxou gritos de 'Marielle, presente' e 'Anderson, presente' antes de deixar o palco.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias